Do G1 Mundo

Foto: Arnd Wiegmann/Reuters

A farmacêutica suíça Novartis assinou acordo inicial para auxiliar na produção da vacina contra a Covid-19 das concorrentes Pfizer/BioNTech. O anúncio ocorre um dia após a francesa Sanofi fazer o mesmo.

A empresa disse nesta sexta-feira (29) que vai usar suas instalações em Stein, na Suíça, e a intenção é iniciar a produção no segundo trimestre ano e a entregar as doses no terceiro trimestre.

Ao contrário da Sanofi, que anunciou a fabricação de 125 milhões de doses em sua fábrica em Frankfurt, na Alemanha, a Novartis não informou quantas vacina serão produzidas.

Mas a farmacêutica suíça disse também que “está em discussões avançadas com várias outras empresas para assumir atividades de manufatura”, como a produção de mRNA e de matérias-primas para vacinas contra a Covid-19. “Os detalhes serão divulgados assim que as discussões forem concluídas”.

“Estamos comprometidos em alavancar nossas capacidades de fabricação para ajudar a apoiar o fornecimento de vacinas e de terapias contra a Covid-19 em todo o mundo”, afirmou o chefe de operações técnicas da Novartis, Steffen Lang, no comunicado. “Esperamos que este seja o primeiro de uma série de acordos desse tipo”.

A vacina da Pfizer/BioNTech contra a Covid-19 foi autorizada para uso emergencial em cerca de 50 países até o momento. O Brasil não está na lista.