De acordo com o próprio significado da palavra, o Direito Civil pode ser entendido como o direito de cada cidadão, uma vez que ele engloba todas as obrigações e possibilidades diante da lei ao envolver a sociedade, de modo geral.

Por ser uma das maiores áreas de todo o Direito, o Direito Civil regulamenta todas as relações dos seres humanos na sociedade, por esse motivo é essencial que todos os habitantes do Brasil conheçam sobre esse assunto.

O Direito Civil está presente nas mais variadas partes de nossas vidas sem nem mesmo perceber que ele existe. No momento em que os contratos são assinados, em que há o processo de casamento ou de divórcio, ou seja, todos os trâmites legais.

Logo, os alunos buscam os temas para TCC de direito civil atuais em 2022 em todas as partes do Brasil. Um dos temas mais buscados é sobre o direito processual civil que existe para garantir que o que está escrito nos códigos da legislação brasileira seja aplicado e transformado de forma objetiva em realidade. Por esta razão, são usados os recursos da lei de ações processuais junto com as medidas derivadas desses atos.

O profissional de direito deve ter a responsabilidade civil por operar esse sistema, e por este motivo, deve ser um profundo conhecedor da legislação do país já que o ramo do Direito Civil é o principal ramo do Direito Privado e deve garantir a integridade das relações cotidianas.

Para poder exercer a profissão, os alunos da faculdade de Direito devem fazer a sua monografia de tese de conclusão de curso com o tema da sua escolha e, por sua vez, pode escolher temas polêmicos como por exemplo: o direito da personalidade digital e também o direito de ser esquecido.

Veja também:   Madonna é banida do Instagram após postar fotos nua

O direito civil nas universidades brasileiras

São muitas as áreas do Direito e dentro dessas áreas existe uma enorme quantidade de oportunidades para desenvolver o tema que foi escolhido.
Nas principais escolas e universidades de Direito de todo Brasil, ter o TCC de processo civil pronto poderá ajudar na formação da carreira para trabalhar como um profissional especialista.

Por isso, o artigo científico é uma opção para aprimorar o conhecimento em determinada área do Direito.

Já os profissionais que pretendem atuar na área do Direito Civil e que buscam um aprofundamento jurídico mais prático, com o objetivo de aprimorar os seus conhecimentos podem ingressar em um curso de pós-graduação.
A atualização dos conhecimentos teóricos, práticos e jurisprudenciais da área são fundamentais e podem trazer novas ideias e diferentes temas jurídicos

O advogado que se especializou em Direito Civil pode trabalhar em um escritório próprio ao atender os clientes com causas como as de consumidor, de trabalho, de divórcio, também, as questões do direito imobiliário, dos contratos e, ainda por cima, o profissional pode trabalhar em empresas. Além disso, o advogado especialista em Direito Civil pode optar por prestar concursos públicos, com o objetivo de ocupar um cargo público como o de um assessor jurídico, por exemplo.

Os princípios básicos do Direito Civil

Algumas dicas para escrever um bom trabalho, de acordo com os alunos e os bacharéis em Direito são o conhecimento dos princípio básicos do Direito Civil, sendo eles:

Princípio da Sociabilidade: Os direitos e os valores coletivos precisam se sobressair sobre os direitos e sobre os valores individuais. Por esta razão, este princípio é também responsável por trazer as melhores condições sociais para os seres humanos. Uma vez que um dos fatos mais interessantes do Código Civil dos dias de hoje foi superar as características individuais e egoístas como era no Código Civil anterior.

Veja também:   Rússia irá expulsar mais de 50 diplomatas da Espanha e da Itália

Princípio da Eticidade: É o princípio que está baseado nos valores da pessoa humana, com base na ética e nos bons costumes. A ética também orienta a criação das normas que estejam sempre fundamentadas nas premissas éticas, com o objetivo de priorizar a observância da boa-fé e da equidade.

Princípio da Operabilidade: Este princípio pauta que o Direito deve ser eficaz para realizar uma mudança no plano social – e não ser somente uma norma positivada sem nenhum tipo de aplicação.

Princípio da personalidade: É também conhecido como direito do cidadão e regula que todos os cidadãos tenham direitos e deveres, sem considerar a sua etnia, a sua orientação sexual, o seu gênero e a sua classe social.

Princípio do Direito Individual: Todos os indivíduos são donos do direito de demonstrar a sua personalidade através de bens materiais, como por exemplo as casas e os carros, no momento da criação de patrimônios seja a partir de seu trabalho ou seja a partir de sua herança.

Durante os dias de hoje, são vários os desafios que o Direito Civil Brasileiro enfrenta desde a sua reformulação durante o ano 2002, já que houveram alterações como a efetivação dos princípios fundamentais norteadores até mesmo à internalização por parte da sociedade leiga quanto a seriedade deles.

Atualmente, o aluno pode realizar um projeto de pesquisa para demonstrar as suas ideias e executar o seu TCC. Esse documento deve ser entregue ao professor para então obter o diploma de Direito.