OAB ST conquista selo Amigo da História após serviços prestados

Fotos: Farol de Noticias/Licca Lima

Após a aprovação da Lei de patrimônio, a comissão representando a sociedade civil e composta pelo historiador e professor Paulo César Gomes, o historiador Luiz Ferraz Filho, a advogada e representante da OAB Mulher, Nidreyjane Magalhães, o professor Dierson Ribeiro e o ambientalista Bonzinho Magalhães; entregou o selo Amigo da História  ao Presidente da OAB Seccional Serra Talhada, Allan Pereira Sá, na manhã da sexta-feira (22).

“Esse momento é importante para todos nós que fazemos parte do Instituto Histórico Cultural de Serra Talhada. A OAB foi uma das primeiras entidades que publicamente, através do Dr Alan Pereira, a se manifestar favorável e posteriormente nós tivemos o próprio Ministério Público”, explicou Paulo César Gomes.

Veja também:   Exército publica fotos de 'pegadas' do Yeti

O projeto de lei estava há oito anos engavetado na Câmara de Vereadores de Serra talhada, mas a articulação de diversos setores da sociedade conseguiu impulsionar os trâmites.

O advogado e presidente da OAB Serra Talhada, Allan Pereira, contou a reportagem do Farol sobre o orgulho em ter recebido o selo Amigo da História e pelo compromisso que a Ordem dos Advogados tem firmado com a história e  a sociedade serra-talhadense.

“Uma honra para a gente participar de forma pioneira nesse projeto de iniciativa da sociedade civil. A OAB é a voz da sociedade civil organizada. É uma instituição que não só cuida dos interesses da classe, mas cuida dos interesses da sociedade como um todo e aqui em Serra  Talhada não é diferente. Infelizmente, a nossa história anoitecia e não amanhecia de pé e com esse projeto a gente vai poder agora organizar toda a intervenção nos prédios históricos de Serra Talhada que merecem tombamentos, inclusive os públicos”, disse Allan Pereira.

Veja também:   Milton Nascimento receberá título de doutor honoris causa em música nos EUA

SOBRE O SELO

O Historiador Luiz Ferraz Filho agradeceu o apoio da OAB e do Ministério Público e aproveitou para explicar sobre o conceito do Selo Amigo da História.

“Esse selo Amigos da História foi uma ideia surgida entre nós, os amigos do grupo de trabalho, da elaboração da lei de proteção ao património histórico, cultural, arquitetônico de nossa cidade. Então a OAB, de Serra Talhada, foi o primeiro órgão da sociedade civil organizada que demonstrou esse interesse em chegar junto e auxiliar, em cooperar com a lei, com a elaboração da lei de proteção ao patrimônio público, que a gente denominou de Lei Dierson Ribeiro”, explicou Ferraz.

Veja também:   Serra-talhadense se destaca no mercado da beleza e inovação

OAB ST conquista selo Amigo da História após serviços prestados

OAB ST conquista selo Amigo da História após serviços prestados