OPINIÃO: Uma passagem pelo último domingo que nos deixou mais entrelaçadosEste é o último domingo do ano de 2013 e escrevo estas mal tecladas linhas no bairro de Brasília Teimosa, em Recife, na residência de um grande amigo. O bairro tem este nome porque é marcado pela resistência do seu povo que não aceita ser engolido pelo poder dos grandes capitais.

Porém, não é sobre isto que pretendo dialogar com vocês. Venho agradecer a cada um dos faroleiros e faroleiras que fazem deste portal de notícias a sua tribuna diária. Onde houve escuridão o FAROL foi luz. Para nós, foi um ano difícil, mas gratificante e vitorioso. Pelo menos uma ameaça de intimidação nos chegou, por telefone; de maneira covarde e anônima. Mas sobrevivemos.

Veja também:   Idosa morre de Covid no Eduardo Campos em ST

Ser FAROL é ter uma rotina de trabalho que começa às 4 da matina e só termina por voltas das 22 horas. Graças a Deus. Cada um de vocês  foi responsável por fazer do FAROL um dos blogs mais acessados de Pernambuco. Portanto, agradeço por existir o J. Brasil, Perguntar não Ofende, Bolinha, Zé Bengo, Neide, Pau de Sinuca, O analista, Observardor, Noroba, Mano Maranhão e tantos tantos outros anônimos de guerra. Fizemos a diferença porque cada um ousou opinar, dividir, contrapor e protestar.

Veja também:   Menor é flagrado em direção perigosa em ST

Neste último domingo de 2013 quero desejar a todos um barril cheio de boas intenções. Que possamos, em 2014, reforçar o nosso entrelaçamento: 2014 promete e vamos precisar da coragem de cada um. Nosso muito obrigado!

Giovanni Sá e Giovanni Sá Filho