Publicado às 14h20 deste domingo (22)

Fotos: Celso García/Farol

No episódio número 10 da série “Serra Talhada, meu canto e o meu encanto” você vai se conhecer um pouco da história da capela de Santo Antônio de Pádua e São Francisco de Assis, que fica as margens da PE-365, ao lado da pedra do sino.

A capela foi erguida em 1950, por Francisca Nunes de Souza, como forma de pagar uma graça alcançada. Segundo o pesquisador e historiador Luiz Ferraz, possivelmente Francisca seja integrante de uma importante família local e que mantinha fortes laços com a igreja católica.

“Existiu uma Francisca Nunes de Souza, irmã de dona Santinha (esposa de Antônio Romão de Farias). Essa Francisca era prima de Miguel Nunes de Souza (pai de Dezinho Nunes). Ela viveu no começo do século passado e fez várias doações para a Matriz da Penha”.

O pequeno templo que foi visita em 2015 pela reportagem do Farol, hoje se encontra repleto de imagens diferente santos e santas, cadeiras e artefatos religiosos, um sinal de que o local é regularmente frequentado. As diferenças podem ser percebidas ao comparamos aos de Alejandro J. García, em 2015, e as atuais feitas por Celso Garcia.

Realizado com um formato diferente, inovador e com uma linguagem visual voltada para o universo dos apaixonados pelas redes sociais, a série “Serra Talhada, meu canto e o meu encanto”, é um marco na forma de se contar a história da velha Villa Bella.

As fotos são do fotógrafo e artista plástico Celso Garcia, e a produção recebe a assinatura de Allan Costa, Silvio Ricardo, Augusto Lux e Giovanni Sá Filho. Chegue! Chegue! Chegue mais! Assista ao vídeo, deixe o seu ‘like’, clique no ‘sininho’, comente e compartilhe com todos os seus amigos.

Veja também:   Calumbi antecipa pagamento dos servidores

VEJA ESTE VÍDEO HISTÓRIA AGORA NA TV FAROL