mulherA propaganda feita em torno da criação da secretaria da Mulher em Serra Talhada, e do orgulho por ter se destacado com a implementação de políticas públicas para as mulheres, não foram suficientes para o governo do prefeito Luciano Duque ganhar a simpatia do eleitorado feminino.

Pesquisa realizada pelo Instituto Opine, nos dias 30, 31 e 1º de junho, com exclusividade para o FAROL, revela números desanimadores para o governo petista. A maioria das mulheres entrevistadas, 60,5%, disseram que não aprovam a administração do prefeito Duque, contra 36,5% de aprovação. Entre os homens, o índice de desaprovação é menor: 50,6% contra 46,5% de aprovação. A margem de erro é de 4,5% para mais ou para menos.

Veja também:   Ministro diz que governo tem 'convicção de locaute'

Os números do Opine vão de encontro ao próprio discurso do prefeito, que garante estar fazendo um trabalho diferenciado com destaque, segundo ele, internacional às mulheres. No dia a dia, entretanto, os índices de violência contra a mulher só aumentam, e no ritmo que vai; o governo não terá forças, sequer; para instalar uma Delegacia da Mulher na Capital do Xaxado. A luz amarela acendeu para o governo.