O vereador Pinheiro do São Miguel (PTB) que foi estimulado a disputar à presidência da Câmara de Serra Talhada pelo deputado estadual Augusto César, reconheceu que a divisão dentro do partido contribuiu para sua derrota na eleição da Mesa Diretora realizada nessa terça-feira (1).

No dia 27 de dezembro, o próprio deputado Augusto César tentou emplacar o nome de Pinheiro na chapa com Zé Raimundo Filho, mas não houve acordo. “Eu costumo honrar a minha palavra e já tinha fechado a chapa com outros colegas vereadores”, disse Zé Raimundo, na ocasião.

Tranquilo, Pinheiro declarou que fará uma oposição responsável ao governo Luciano Duque e que não costuma guardar ódio ou rancor de ninguém. “É claro que o resultado foi fruto da divisão do partido. Quero parabenizar o presidente Zé Raimundo e espero que faça uma boa gestão. Vamos trabalhar em prol da população de Serra Talhada”, declarou o vereador, arrematando: “Não tenho inimizades. Se souber que tem alguém que não gosta de mim vou correndo fazer as pazes”.

Veja também:   Paulo ataca com demissões nas áreas de saúde em ST