Piloto de avião declara emergência e volta a Paris após encontrarem rato

Do Diario de PE

Um voo da Air France, de Paris para o Congo, declarou emergência a bordo e precisou retornar a Paris depois que os comissários de bordo localizarem um suposto roedor a bordo, nesta segunda-feira (13).

Boeing 777 tinha 323 pessoas a bordo, e pousou em segurança no Aeroporto Charles de Gaulle horas após decolar.

emergência foi identificada cerca de duas horas após a decolagem, quando a aeronave já sobrevoava o Norte do continente africano.

Ao ter o retorno autorizado, os pilotos fizeram uma curva de 180 graus para iniciar o retorno à capital francesa.

Veja também:   Peru e Equador realizam eleições em clima de incerteza

A medida foi tomada por precaução, já que o animal vivo a bordo poderia comprometer a segurança e tranquilidade dos passageiros.

Após quase cinco horas de um voo sem destino algum, os passageiros voltaram a Paris e foram realocados em uma nova aeronave.