PIS/Pasep 2024: como liberar o seu abono em menos de 1 mês

Do Noticias da Manhã

A espera acabou! O PIS/Pasep 2024 traz boas notícias para trabalhadores da iniciativa privada e servidores públicos. A partir de 15 de fevereiro, o abono salarial começará a ser liberado, permanecendo disponível até 28 de dezembro de 2024.

Esta é a sua chance de ter um dinheiro extra no orçamento. Mas você sabe se tem direito ao abono e como liberá-lo rapidamente? Vamos mergulhar nos detalhes e garantir que você não perca essa oportunidade.

O abono salarial de 2024 é referente ao ano-base 2022, e é essencial entender sua situação naquele período para saber se você é elegível.

Devido ao adiamento causado pela pandemia de COVID-19, houve uma mudança no calendário de pagamento. Então, fique atento às datas e requisitos para não deixar de aproveitar seu abono.

Veja também:   Homem é pego se masturbando em Custódia

PIS/Pasep 2024: Quem Tem Direito?

Para ter direito ao abono salarial do PIS, o trabalhador da iniciativa privada deve ter recebido, em média, até dois salários mínimos mensais em 2022.

Além disso, é necessário estar inscrito no PIS ou no PASEP há pelo menos cinco anos e ter trabalhado com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2022. É importante que todos os dados estejam corretamente informados pelo empregador ao governo.

O calendário de pagamentos do PIS começa em 15 de fevereiro para os nascidos em janeiro, com a Caixa Econômica Federal responsável pelo pagamento.

Já os servidores públicos com o final da inscrição PASEP 0 serão os primeiros a receber o abono pelo Banco do Brasil. As datas seguem distribuídas ao longo do ano, de acordo com o mês de nascimento ou final da inscrição, garantindo que todos os elegíveis recebam o benefício.

Veja também:   Após inauguração de creche, Duque diz que dorme tranquilo porque faz muito pelo povo

Veja também: PIS/Pasep 2024: data chegando e valor maior; 2 GRANDES NOTÍCIAS

Valor do Abono

O valor do abono salarial PIS/PASEP é calculado com base no tempo de serviço do trabalhador no ano-base, neste caso, 2022. O cálculo é feito proporcionalmente ao número de meses trabalhados com carteira assinada.

Para cada mês de trabalho, o empregado recebe 1/12 (um doze avos) do valor do salário mínimo vigente no ano do pagamento do abono. Por exemplo, se o trabalhador esteve empregado durante todo o ano-base, receberá o valor integral do salário mínimo.

No entanto, se trabalhou apenas por seis meses, receberá a metade do salário mínimo. Esta forma de cálculo assegura que o valor recebido pelo trabalhador seja justo e proporcional ao tempo que ele contribuiu para a economia durante o ano.

Veja também:   Combustível entra em Gaza após dois dias sem ajuda humanitária

Para ilustrar melhor, vamos considerar o salário mínimo de 2024, que é de R$ 1.412,00. Um trabalhador que atuou durante todo o ano de 2022 (12 meses) receberá o valor integral, ou seja, R$ 1.412,00. Se o trabalhador atuou por 6 meses, receberá metade desse valor, que seria R$ 706,00. Essa proporcionalidade é aplicada para qualquer quantidade de meses trabalhados.

O PIS/Pasep 2024 é uma excelente oportunidade para complementar sua renda. Se você se enquadra nos critérios, prepare-se para liberar seu abono em menos de um mês.

Mantenha-se informado sobre as datas, verifique sua elegibilidade e aproveite esse benefício merecido. Lembre-se, esse abono é um direito seu, então não deixe de reivindicá-lo!