Polícia de ST divulga laudo de corpo de mulher em decomposição

Foto: Reprodução

Três meses após o corpo de uma jovem ser encontrada em estado de putrefação no bairro Ipsep, em Serra Talhada, a Polícia Civil divulgou o laudo da análise do Instituto Médico Legal sobre o caso. A vítima foi encontrada em estado de putrefação no dia 26 de setembro deste ano.

A vítima é do sexo feminino, negra, aparentando ter entre 18 e 25 anos, de estatura mediana, vestia uma blusa verde, saia vermelha, estava descalça e não estava de roupa íntima. De acordo com o delegado municipal, Assis Moreira, o laudo deu como inconclusivo.

Veja também:   'Ladrão Aranha' escala prédio em ST e leva R$ 3 mil

“Saiu o laudo, causa indeterminada. Os peritos não conseguiram concluir a causa da mortem, mas as investigações continuam”, afirmou o chefe de polícia.

RELEMBRE O CASO

O corpo foi encontrado pela manhã após uma das moradoras da localidade ter sentido o cheiro de putrefação e acionado a polícia.

Por volta das 15h os profissionais do IML tiraram a vítima do local e conduziram o corpo junto com os familiares para Instituto Médico Legal (IML) de Petrolina, no Sertão do São Francisco.

A nossa reportagem também entrou em contato com a 177ª Ciscunscrição de Polícia Civil de Serra Talhada para saber detalhes do caso.

Veja também:   Cabras de Lampião e Assisão pegam a estrada para enaltecer o xaxado

Na época, o corpo foi encontrado sem documentação e estado de decomposição não foi possível constatar a causa da morte.

ACOMPANHE O VÍDEO