gilson pereiraO único vereador do PSD em Serra Talhada, Gilson Pereira, não vai seguir o presidente da legenda, Faeca Melo, que aderiu ao governo Luciano Duque e pode ocupar uma secretaria nos próximos dias. Durante entrevista ao FAROL, Faeca Melo revelou que o vereador poderia mudar de opinião e também aderir ao governo petista. Gilson Pereira descartou esta hipótese.

“Bom, realmente eu tenho que parabenizar porque ele (Faeca) está indo por uma secretaria, vai ser beneficiado, Deus o ajude nessa secretaria. Só que com relação à minha pessoa, como vereador do PSD, eu vou ficar onde estou, porque estou muito bem, estou sendo muito bem atendido, quando muita gente fala que não é atendido”, declarou o parlamentar, garantindo que não está insatisfeito com o deputado Sebastião Oliveira e com o pré-candidato a prefeito,Waldemar Oliveira. “O Waldemar mesmo me atende todas as horas, liga para mim direto. Então, eu quero construir junto. A mim não interessa benefícios, não interessa vida boa”.

Veja também:   Premocil celebra Dia dos Pais em Serra Talhada

Ainda durante a entrevista, Gilson Pereira jogou um ‘balde de água fria’ no otimismo de Faeca Melo com relação ao governo Duque e cobrou mais responsabilidade e transparência do gestor.

“Primeiro esse bom trabalho que o prefeito vem fazendo, eu desconheço. Ele trabalha com milhões todo mês e não tem uma obra estruturadora de Luciano Duque dentro de Serra Talhada, então, eu não sei onde ele está fazendo esse bom governo”, disse o vereador, provocando o presidente do PSD. Faeca deve explicar um pouco. É claro, no dia que eu for sair do grupo de Sebastião Oliveira e do grupo de Waldemar Oliveira, eu chego lá e explico porque saí, não atrás de benefícios”, disparou Gilson.