Prefeitura emite nota após 'confisco' de consignados em STPublicado às 10h20 desta quinta-feira (9)

No final da tarde de ontem (quarta-feira) dezenas de servidores da Prefeitura de Serra Talhada ficaram revoltados após serem surpreendidos por ‘confiscos’ em sua contas bancárias.

Muitos já se encontram no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) alegando que foram feitos empréstimos consignados, descontados em contra-cheques, e não repassados aos bancos.

A situação piorou porque alguns tiveram seus salários retidos e contas esvaziadas. O resultado é que houve uma busca a advogados, na tentativa de resolver o problema. Mas nesta quinta-feira veio a boa notícia. Em nota enviada a redação, a secretária de Finanças, Cibele Alves, disse que tinha sido registrado um equívoco por parte das instituições financeiras.

Veja também:   Veja como os deputados federais de PE votaram sobre a terceirização

“Ontem fomos pegos de surpresa com o Débito de Consignados em conta do servidor, automaticamente fizemos contato com a instituição financeira, que devido a um lapso, aconteceu esse débito, mas que está sendo regularizado o estorno na conta do servidor. A própria instituição está realizando essa estorno, que já se iniciava ontem mesmo”, reforçou a secretária.

Leia também:

Servidores denunciam Prefeitura de Serra por falta de repasse