Servidores denunciam Prefeitura de Serra por falta de repasse

Publicado às 2041 desta quarta-feira (9) – Foto: Arquivo Farol

Juntamente com a fila de reclamações de atraso no pagamento de salários de servidores efetivos, contratados e inativos de Serra Talhada, agora é a vez dos empréstimos consignados gerarem dor de cabeça ao trabalhador. O Farol de Notícias recebeu informações de diversos servidores municipais que alegam a falta de repasse das parcelas dos empréstimos consignados.

Segundo um funcionário público, que pede para não ser identificado, o valor da parcela do empréstimo é descontado diretamente no seu salário pela prefeitura, mas por falta de repasse ao banco, a agência também está lhe cobrando o dinheiro.

Veja também:   Monsenhor Jonas Abib, fundador da Canção Nova, morre aos 85 anos

“Isso está acontecendo com todos os servidores que têm empréstimo consignado. A prefeitura desconta do nosso pagamento, mas não paga ao banco. Aí agora o banco está cobrando de novo da gente. Eu nem saldo tinha na conta e agora estou com o saldo negativo porque o banco está cobrando a parcela do empréstimo. Vamos pagar duas vezes? O que a prefeitura está fazendo com as parcelas que desconta da gente?”, desabafou o servidor público.

Os servidores que buscaram o Farol ainda declararam que estão buscando seus direitos junto a advogados e vão acionar a Prefeitura de Serra Talhada na Justiça.

Veja também:   Timbu tem seu melhor início de Nordestão após novo formato

OUTRO LADO

A reportagem do Farol de Notícias entrou em contato com a Secretaria de Finanças de Serra Talhada para ouvir mais detalhes sobre o caso, mas não obtivemos retorno.

Leitora enviou o print ao Farol

Servidores denunciam Prefeitura de Serra por falta de repasse