Do Blog da Folha

 

A primeira-dama da República, Michelle Bolsonaro, que chegaria ao Recife na tarde hoje, adiou a viagem. O motivo alegado foi incompatibilidades na agenda dela. A primeira-dama tinha três compromissos agendados na capital pernambucana, todos para hoje, que ainda não têm datas confirmadas para serem cumpridos.

Michelle, desde que a performance de Jair Bolsonaro(PL) despencou diante do público feminino nas pesquisas de intenções de voto, tem se transformado na tábua de salvação dele para reverter o quadro. Isso ficou claro quando, na convenção do partido, no Rio de Janeiro, semana passada, ela ressurgiu com um discurso em que tentou melhorar a imagem de Bolsonaro perante as mulheres.

Veja também:   MPCO questiona Márcia sobre R$ 1 milhão a Gusttavo Lima

Especula-se que a primeira-dama esteja aqui no próximo sábado, quando será realizada na cidade a Marcha para Jesus, a qual o Bolsonaro tem presença pré-confirmada. A participação de Bolsonaro só não foi oficializada porque a equipe dele está resolvendo questões logísticas em relação a segurança no evento.

Um dos compromissos de Michelle no Recife era um chá para 300 pessoas, no Mar Hotel, em Boa Viagem, zona Sul da cidade. Os ingressos para o evento, que foram esgotados na semana passada, é uma iniciativa da Associação de Homens de Negócio do Evangelho Pleno (Adhonep), capítulo Recife. O chá que Michelle participaria faz parte dos eventos periódicos que a Adhonep promove.