Professora que se aposentaria em 2 meses morre atropelada
Mari tinha 51 anos e se aposentaria em maio (Foto: Prefeitura de Florianópolis, Reprodução)

Por Metrópoles

Uma professora da educação infantil morreu atropelada na tarde de quarta-feira (6/3) na SC-406, no bairro Rio Tavares, em Florianópolis. De acordo com a Secretaria de Educação, Mari Simone Medeiros atuava há 30 anos na mesma creche e iria se aposentar em dois meses.

Mari transitava pela rodovia estadual de bicicleta quando foi atingida. Os detalhes a respeito do acidente não foram informados.

Atualmente, ela atuava como auxiliar de sala no Neim Orisvaldina Silva, no bairro Lagoa da Conceição. Eliane Bongiolo, diretora da unidade, definiu a pedagoga como “uma pessoa corretíssima, pensando no melhor para as crianças e para a unidade educativa”.

Veja também:   Titãs vai encerrar o Festival de Garanhuns

A profissional tinha 51 anos e estava de licença-prêmio, já que se aposentaria em maio. Em publicação nas redes sociais, o perfil da prefeitura de Florianópolis compartilhou: “deixa esposa e uma filha, além de um vazio na área de educação”.