praça

Foto: Arquivo/Farol de Notícias

A principal praça de lazer de Serra Talhada, a Sérgio Magalhães, agoniza desde a gestão do ex-prefeito Carlos Evandro. Sem atrativos e iluminação adequada, o local chega a envergonhar muitos serra-talhadenses. O coreto está desprezado e há muito que não foi feita uma intervenção paisagística no entorno. Mas isso pode mudar em 2017. De acordo com o prefeito Luciano Duque, há um projeto do arquiteto Luiz Teles, que prevê mudanças radicais na praça. Mas a ideia acabou esbarrando no custo.

“O projeto que Luiz Teles fez foi no nosso governo, ao contrário do que se diz que foi no governo de Carlos Evandro. No governo de Carlos Evandro teve um ante-projeto, nós contratamos um projeto de Luiz Teles, só que esse projeto é muito caro. Quando a gente bate nos gabinetes em Brasília com o projeto de uma praça de R$ 3 milhões não encontra nenhum deputado que faça esse gesto por Serra Talhada”, lamentou Duque, durante entrevista ao FAROL. 

Veja também:   Motoristas são assaltados na BR-232 em ST; bandidos levam celular e mais de R$ 2 mil

Segundo ele, o projeto também contempla a Praça Barão do Pajeú- interligada a Sérgio Magalhães. “As duas praças custam R$ 3 milhões, é enorme, a praça é muito grande. A ideia é nesse novo mandato, que a gente repense o projeto e faça por etapas, já que não dá para fazer tudo de uma vez”, reforçou.

É PRECISO SAIR DO SONHO

Durante a entrevista, o prefeito admitiu que esse valor aparenta ser um sonho a conquistar, uma vez que não receita própria para bancar os custos.

“Vamos tentar baratear o custo desse projeto. Nós entendemos que é o cartão de visitas da cidade, mas nenhum deputado federal de Pernambuco quer colocar R$ 3 milhões para fazer uma praça em Serra Talhada. Essa é a realidade, o município também não tem esse recurso, não adianta a gente ficar sonhando e o FAROL cobrando que se faça. Mas entre a realidade e o sonho tem uma questão no meio que chama recurso financeiro. Não é fácil conseguir e as prioridades são muitas, você há de convir que há grito pela praça Sérgio Magalhães, há o desejo pela praça do Bom Jesus, que se reforme aquela praça”, declarou Duque, informando que há seis projetos de reformas de praça em curso.

Veja também:   Da ferida à cicatriz: A vida é um processo, perceba-se!