márcio oliveira

Atualizado às 9h54 desta quinta-feira (8)

Alguns membros da bancada de oposição ao governo Duque, em Serra Talhada, ainda tentam entender os motivos que levaram o vereador Márcio Oliveira (PTN), um dos mais combativos fiscais do prefeito petista, a assumir uma secretaria de governo nos próximos dias. Quem garante a informação ao FAROL é o advogado Waldemar Oliveira (veja matéria), irmão de Sebastião.

E poderá haver novas adesões ao governo Duque ainda este mês. Na noite dessa quarta-feira (7) os vereadores Márcio Oliveira e Cição (PRP) estiveram na residência do deputado Sebastião Oliveira, e justificaram seus comportamentos.

Veja também:   Foto Farol: Abertura na Lagoa atrai grande público; Duque fez festa com Danilo Cabral

De acordo com informações de integrantes do grupo de ‘Sebá’, durante a reunião que foi presidida por um assessor do secretário de Transportes, o vereador Márcio Oliveira declarou não ter ficado satisfeito com acomodações feitas pelo deputado Sebastião Oliveira no Governo de Pernambuco. O estopim foi o fato de integrantes da família Mourato terem sido privilegiados com cargos no governo.

Presente à reunião, o vereador Cição ainda não confirmou a saída do grupo ‘sebastianista’, mas isso pode ocorrer em breve. O prefeito Luciano Duque já ofereceu, inclusive, um cargo de confiança à esposa do vereador na Prefeitura de Serra Talhada. Durante a reunião, Cição afirmou que ainda vai ter uma última conversa com Sebastião Oliveira.

Veja também:   Afogados comunica a saída do centroavante Venicius Cascais

GOLPE DE MESTRE

A entrada de Márcio Oliveira no governo do PT acabou sendo um ‘golpe de mestre’ do prefeito Luciano Duque, que resolveu apostar todas as fichas para fragilizar ainda mais a oposição. Márcio Oliveira tinha uma postura fiscalizadora responsável e costumava incomodar o governo com pedidos de informações constantes.

Por exemplo, partiu de Márcio a iniciativa de investigar as obras do Anel Viário e de protocolar, junto ao Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE), uma investigação sobre as obras do bairro Ipsep. Tudo isso agora é passado e Márcio ficará calado.

Veja também:   Bola misteriosa aparece em praia; polícia investiga o que é objeto