Publicado às 20h27 desta quarta (27)

O número de golpes dentro das agências bancárias de Serra Talhada vem aumentando a cada mês. Segundo as vítimas, os bandidos agem livremente, porque não são punidos, e todo o prejuízo fica para o correntista. Em fevereiro, um idoso de 77 anos teve R$ 900 da sua aposentadoria levado dentro do Bradesco, após aceitar ajuda de desconhecido (relembre aqui).

Nessa terça-feira (26) dentro do Banco do Brasil, na Praça Sérgio Magalhães, uma mulher foi vítima da ‘troca de cartões’, mas a sorte é que não teve o salário furtado. Ela saía da agência quando um homem se aproximou com um extrato da mão, afirmando que a máquina estava pedindo para ela atualizar a senha e o chip do cartão, fazendo a mulher retornar ao caixa. Gentil, ofereceu ajuda, mas aproveitou para fazer a troca de cartões e fugiu com ele. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia.

Veja também:   Saída de 'Sebá' favorece 'dobradinha' Duque/Waldir