Publicado às 13h35 desta sexta-feira (17)

Após perder a mãe, em 2016, a jovem Raysse Maria, 22 anos, descobriu alguns problemas de saúde como endometriose e colite, chegou a fazer uma cirurgia de endometriose e em maio deste ano descobriu uma doença rara chamada Síndrome de Stevens-Johnson, uma crise forte de alergia com intoxicação por todo o corpo e as partes mucosas.

Diante da situação que se encontra, ela precisa fazer tratamento e passar por vários médicos, exames e necessita da solidariedade da população para ajudá-la nesse processo. Em maio ela sentiu-se mal, com dores de cabeça, náuseas, foi ao hospital e o médico receitou Azitromicina.

No dia seguinte acordou com pequenas manchas na parte do colo e foi piorando, a garganta já estava muito inflamada, a vista embaçada. Com a síndrome desenvolveu uma conjuntivite membranosa, uma infecção muito forte, e a boca na carne viva, cuspindo sangue. Uma amiga levou-a em outro médico, que solicitou internamento.

”Eu tive boca, garganta, membros superiores e visão afetadas, até água doía engolir! Fiquei 13 dias internada, com chances reais de ir para a UTI, mas graças ao bom Deus não foi preciso! Quase usei sonda, mas mesmo sangrando por dentro eu engolia para não precisar usar! Recebi alta, mas preciso arcar com os custos de consultas e medicações, oftalmologista, dermatologista, arlegologista, reumatologista, são alguns dos médicos que preciso passar”, disse Raysse, acrescentado:

”Vim para Petrolina em busca de tratamento, tudo aqui está sendo particular, provavelmente terei que ir a Recife. Lá se o médico que eu passar vê se tem chances de fazer algum tipo de teste em mim, tentarei pelo SUS, pois não tem como pagar por tem um custo muito elevado. No momento estou em busca da minha cura. O que eu tive foi muito grave e precisa ser acompanhado de perto. Além dos custos de consultas, tem os custos de medicações, e alguns exames que passaram. Qualquer ajuda é bem-vinda vinda”, explicou a jovem.

Veja também:   Pré-candidato diz que Márcia se aliou a 'deputado da máfia' para ajudar ST

SAIBA MAIS

As doações podem ser feitas para o Pix: 110.946.014-70 (Banco Inter) em nome de Nathanel Midian Nogueira Nascimento (irmão de Raysse) ou para a poupança da Caixa: AG-0914 OP-013 CONTA: 16653-8. Para mais informações entrar em contato com Raysse pelo telefone (87) 9 9905-5695.