Serra-talhadenses vivem aflição em incêndio no RecifePublicado às 14h deste sábado (30)

Serra-talhadenses que moram no Edifício Green Life, situado na Rua Barão de Itamaracá no bairro do Espinheiro em Recife, passaram por momentos de agonia e aflição na noite dessa sexta-feira (29). Um incêndio que atingiu um apartamento no 7º andar provocou correria e pânico entre os moradores. Apesar do susto, os bombeiros foram acionados a tempo, chegando ao local por volta das 20h30. As equipes finalizaram a ocorrência perto das 21h30. E não houve vítimas.

Veja também:   Homem é preso em ST levando maconha

No segundo andar do edifício, mora uma das filhas do pré-candidato a prefeito de Serra Talhada pela oposição, o radialista Marquinhos Dantas. O Farol entrou em contato com ele por telefone neste sábado (30) para comentar o caso, mas não conseguimos retorno das chamadas. Também conversamos com outra moradora, Allana Pereira de Menezes, 20 anos, que estava no seu apartamento no 3º andar no momento em que começaram as chamas.

Allana é filha de Paulo Campos Junior e Milena Pereira de Menezes, que moram no bairro da AABB em Serra Talhada. “Estava todo mundo muito nervoso, chorando e tremendo. Foi um susto danado, uma situação de muita agonia. Um amigo meu ficou preso no elevador. Outro amigo estava dormindo e saiu correndo, a fumaça tapando o andar dele. Eu estava tremendo inteira. Foi desesperador. Uma agonia horrível. Muita fumaça nas escadas. A primeira coisa que os bombeiros fizeram foi desligar a rede de gás do prédio, pois havia risco de explosão”, contou.

Veja também:   Mãe do primeiro bebê com microcefalia em ST teme que o filho sofra preconceito

Allana, que mora no Recife há 3 anos, faz cursinho para o ingresso em Medicina. Ela relatou que, desde esse tempo, foi a primeira vez que o prédio registrou uma ocorrência de incêndio. “Na hora que tudo começou eu estava estudando, e começaram a gritar: ‘tá pegando fogo, tá pegando fogo’. Quando eu botei a cabeça na janela já estava um monte de gente na rua, alertando os demais moradores e vizinhos para descerem. Graças a Deus agora está tudo bem”, relembrou, aliviada.

 

Veja também:   Senador do PT alerta para articulação milionária