Serrano F. C. ficou apenas na memória de Serra Talhada

Por Adelmo Santos, Poeta e escritor, ex-presidente da Academia Serra-talhadense de Letras

Em pé: Julinho, Jonas, Bau, Marcondes, Rômulo e Doca. Agachados: Caboré, Dão, Caipira, Casa Grande e Elias.

Esse foi o time do Serrano F.C. que disputou o Campeonato Municipal de Serra Talhada em 1982, no Estádio Nildo Pereira de Menezes, o “Pereirão”.

Esse jogo foi contra o São Miguel, e o Serrano venceu por 3 X 1. Nessa época o Serrano ainda era um time amador, comandado por Rômulo Leão.

Em 1982 tinha futebol em Serra Talhada, mas o Estádio Pereirão já se encontrava judiado, a foto não mostra a grama, o Pereirão já sofria num chão batido pelado.

Veja também:   Santa Cruz anuncia lateral-esquerdo João Victor

Não dar para ver a grama que havia no estádio. Neste time de 1982, hoje, Julinho é guarda municipal, Bau é falecido, Rômulo é o atual presidente, e Caipira continua sendo um dos melhores pintores da cidade.

Rômulo Leão é o único desportista em Serra Talhada que vem tentando trazer de volta o futebol pra cidade.

Ele tenta todos os anos, todo ano é uma nova saga. Em 2022 com o Estádio Pereirão abandonado, o Serrano F.C. treinava em Itacuruba, para disputar a série A2 do campeonato pernambucano.

Veja também:   Cinco reforços caseiros que o Botafogo está de olho para 2023

Mas sem ter onde jogar, com o Estádio Pereirão interditado, o Serrano foi eliminado logo na 1* fase, com um futebol que dava dó, tomando várias goleadas.

Entre as quais: 7 X 1 pro Pesqueira, 8 X 0 pro Petrolina e 6 X 0 para o Flamengo de Arcoverde.

Isso é uma vergonha para Serra Talhada que além deixar o Estádio Pereirão jogado às traças, com quase 100 mil habitantes, ficou apenas com o futebol de peladas.

O Rômulo Leão vem tentando botar o Serrano em campo, mas sem ajuda ele cansa e começa uma nova saga.

Veja também:   ESPORTES: Leivinha assume comando do Afogados e disse que veio fazer história