Na última sexta-feira (8) o Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município de Mirandiba, Sertão Central, procedeu com as formalidades necessárias para fins de desativação de um sindicato que funcionava ilegalmente no município, o antigo SINTRAF.

Informações repassadas ao Farol, consta na certidão disponibilizada, expedida pelo Ministério da Economia, por meio da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, a situação ativa do Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de Mirandiba/PE, ao tempo em que consta na certidão expedida pelo Cartório de Registro de Imóveis de Mirandiba, o cancelamento do registro do Estatuto Social do Sindicato dos Trabalhadores na Agricultura Familiar de Mirandiba-PE (SINTRAF), bem como a Ata de Assembleia de constituição do SINTRAF. O cancelamento dos registro se deu após determinação do juiz de Direito, Antônio Wanderley Martins.

Com a desativação do antigo SINTRAF, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais revelou que existe a tentativa de constituir uma associação, porém, não tendo esta a mesma força, deveres e atribuições de um sindicato.

O Sindicato dos Trabalhadores Rurais do município comemorou a vitória, reafirmando sua importância e unicidade no município de Mirandiba, ao tempo em que repudiou os atos ilegais praticados quanto ao funcionamento do antigo SINTRAF, agora desativado.

 

Veja também:   Dia Nacional da Luta Antimanicomial reforça inclusão