Só homens brancos têm salários acima da média no país, diz pesquisa
Getty Images

Do Diario de PE

A média de remuneração dos homens não negros brasileiros é 27,9% superior à média nacional de remuneração, estipulada em R$ 4,4 mil.

Esse é o único grupo que ultrapassa o valor, de acordo com o 1º Relatório Nacional de Transparência Salarial e de Critérios Remuneratórios, realizado pelos ministérios do Trabalho e Emprego (MTE) e das Mulheres.

O relatório apresenta dados nacionais de remuneração média e salário contratual mediano para homens e mulheres, divididos em raça e cor e, também, em cada unidade da federação.

Veja também:   ONU: 165 milhões de pessoas entraram na pobreza em 3 anos de crises

De acordo com os dados coletados, as mulheres chegam a receber 19,4% a menos que os homens. Em cargos de dirigentes e gerentes esse valor chega a ser 25,2% menor entre os gêneros.

Já ao analisar o recorte de raça/cor, percebe-se que as mulheres negras, além de estarem em menor número no mercado de trabalho, são as que possuem renda mais desigual no país.