Tenho sintomas de dengue, posso tomar a vacina?
Pessoa com febre – Foto: Freepik

Por Folha de Pernambuco

explosão de casos de dengue no Brasil já refletem na busca por vacinas. Dados Grupo Fleury mostram que o número da venda de vacinas contra dengue aumentou 57% no Rio de Janeiro; 100% na Bahia e 112% no Rio Grande do Sul, segundo informações do blog do Ancelmo Gois.

A Associação Brasileira de Clínicas de Vacinas (ABCVAC) registrou um aumento de 110% na vacinação contra a dengue em clínicas privadas em janeiro em relação a dezembro. No SUS, o Ministério da Saúde, disponibiliza o imunizante gratuitamente para crianças de 10 a 14 anos.

Veja também:   Polícia alemã caça autor de ataque em Berlim: entenda o que se sabe até agora

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

Devido ao número limitado de doses disponível, a pasta orienta começar pela vacinação daqueles de 10 a 11 anos. Essas idades também representam o maior índice de hospitalização pela dengue na faixa etária. No entanto, uma pergunta que se torna cada vez mais comum em meio ao aumento vertiginoso dos casos doença é: tenho sintomas de dengue, posso tomar a vacina?

De acordo com o infectologista Alexandre Naime Barbosa, professor da Unesp e coordenador científico da Sociedade Brasileira de Infectologia (SBI), a resposta é “não”.

Veja também:   Moradores alertam para bueiro no São Cristóvão

— A recomendação é esperar 15 a 30 dias para tomar a vacina após um episódio sincrônico febril.

Por outro lado, vale ressaltar que quem já teve dengue não só pode como deve tomar a vacina. Estudos mostram que a vacina é ainda mais benéfica para esses indivíduos, já que uma segunda contaminação tende a ser mais grave.