Titulares do Bolsa Família perdem R$ 400, R$ 200, R$ 300 e R$ 100
Bolsa Família de fevereiro – Foto: Reprodução/FDR

Por FDR Notícias

Recentemente, uma série de fraudes envolvendo o programa do Bolsa Família começou a chamar a atenção das autoridades. As atividades criminosas tem prejudicado as famílias gerando a perda de grandes valores.

Entenda como funciona o Golpe do Bolsa Família:

  • Nas últimas semanas, uma fraude tem se destacado pelo alto número de vítimas;
  • Além disso, ela tem gerado altos prejuízos financeiros levando a perda de até R$ 400 de alguns beneficiários;
  • O golpe é aplicado da seguinte forma:
  • O beneficiário recebe uma ligação informando sobre a necessidade de realizar o recadastramento no programa;
  • Em alguns casos, o aviso também é enviado por mensagem de texto;
  • Em seguida, os golpistas se passam por representantes do programa;
  • Durante a conversa eles informam sobre a possibilidade de ter o benefício cortado caso o recadastramento não seja efetuado;
  • Geralmente, o criminoso se identifica como representante do aplicativo Caixa Tem;
  • Quando consegue conquistar a confiança da vítima, o golpista passa a conduzir a conversa pelo WhatsApp;
Veja também:   Incêndio em cinema: forro caiu sobre espectadores; 2 morreram

Leia mais:

 

  • Depois, ele solicita códigos de verificação;
  • Também é comum que o criminoso realize o envio de links externos;
  • Ao clicar, a vítima é direcionada para outros canais, resultando na invasão da conta bancária do beneficiário;
  • Vale lembrar que a atualização do cadastro do Bolsa Família deve ser realizada presencialmente em uma unidade do CRAS;
  • Caso receba um comunicado sobre o tema, o responsável familiar deve procurar o órgão para constatar a veracidade da informação.
Veja também:   Polícia investiga morte de mulher em Serra Talhada