Três palestinos são mortos na Cisjordânia por disparos das forças israelenses

Foto: Jaafar Ashtiyeh / AFP

Por Folha de Pernambuco

Três palestinos foram mortos em Nablus, na Cisjordânia ocupada, nesta terça-feira (25), por tiros das forças israelenses, disse o Ministério da Saúde palestino.

“Três palestinos foram mortos por balas israelenses em Nablus”, disse o ministério, que ainda não sabe a identidade dos mortos.

O Exército israelense disse, por sua vez, que os soldados israelenses “neutralizaram” em Nablus “terroristas armados” que dispararam contra eles de um veículo.

Os soldados encontraram três fuzis M-16, um revólver, cartuchos e outros equipamentos militares, informou o Exército em comunicado.

Veja também:   Irmãs de ST fazem gesto solidário na pandemia

O porta-voz da presidência da Autoridade Palestina, Nabil Abu Rudeineh, disse nesta terça-feira que a morte dos três palestinos foi um “crime de guerra”.

“Os crimes israelenses não deixarão nosso povo de joelhos e não trarão segurança e estabilidade para ninguém”, disse ele em um comunicado.

Este incidente ocorre em um momento de grande tensão na Cisjordânia, após uma série de ataques palestinos contra colonos israelenses e atos de violência cometidos por colonos israelenses contra palestinos.

Israel ocupa a Cisjordânia desde 1967. Cerca de 490 mil israelenses vivem neste território em assentamentos considerados ilegais pelo direito internacional.

Veja também:   Filha de Flordelis fez buscas por matador na web