Do Folhape

Foto: STR / General Staff of the Armed Forces of Ukraine / AFP

A região de Sumy, no nordeste da Ucrânia e na fronteira com a Rússia, foi “liberada” das forças russas – anunciou o governador local, Dmytro Jivitsky, nesta sexta-feira (8).

“O território foi liberado dos ‘orcs’ (palavra usada na Ucrânia para se referir aos soldados russos)”, disse Jivitsky no aplicativo Telegram, advertindo que a região “não é segura”.

Segundo ele, há zonas minadas, onde especialistas trabalham para desativá-las.

Com sua saída de Sumy, Rússia concluiu a retirada das suas tropas de todo norte da Ucrânia.

Localidade onde vivem cerca de 250 mil pessoas, Sumy é a capital da região homônima. Foi sitiada nos primeiros dias da guerra pelas tropas russas, que não chegaram a controlá-la totalmente e acabaram se retirando.

O acesso à cidade ainda é muito complicado, e milhares de estudantes estrangeiros, oriundos, sobretudo, da África, estão presos nela há semanas.

Veja também:   Gerente de lanchonete admite ter urinado em milkshakes