Publicado às 05h50 desta quarta-feira (21)

O vereador Vandinho da Saúde (Patriotas) ingressou com um projeto de lei na Casa Joaquim de Souza Melo, nessa terça-feira (20), que promete dar muito o que falar. Caso seja aprovado, a venda de bebidas e cigarros, que costuma aumentar nos finais de semana, em Serra Talhada, só poderão ocorrer, por delivery, casos os clientes estejam previamente cadastrados. Na tribuna, Vandinho da Saúde justificou, e não recebeu qualquer objeção dos pares.

“Estou apresentando mais um projeto de lei nesta Casa Legislativa, o de número 017/2021, que estabelece e obriga os aplicativos de delivery em nosso município a cadastrar aquelas pessoas que pedem alguma coisa que possam causar dependência física ou psíquica, tipo bebida alcoólica ou cigarros. A partir da aprovação desta lei, os aplicativos serão obrigados, num prazo de 90 dias, a cadastrar as pessoas que fazem pedidos de bebidas alcoólicas e cigarros. Pessoas abaixo de 18 anos não poderão fazer mais estes pedido”, reforçou o parlamentar.

Veja também:   Delegado combate o crime em ST e detalha investigações

O projeto foi lido na Câmara de Vereadores de Serra Talhada, vai às comissões, e passará por duas votações, antes de ir para a sanção da prefeita Márcia Conrado.