Vereador de Triunfo chora e diz que foi perseguido
Foto: Reprodução / YouTube

Farol com informações da Assessoria

Nesta sexta-feira (15), durante a sessão ordinária da Câmara de Vereadores, o vereador Zé Carlos de Solon protagonizou um momento que gerou grande comoção aos presentes.

O parlamentar diz que tem sofrido perseguição do atual prefeito Luciano Bonfim, e chorou diante dos colegas.

Emocionado, Zé Carlos revelou que sua filha, que trabalhava há mais de 12 anos na prefeitura, foi demitida. Além disso, ele afirmou que foi expulso do Partido Avante sem nenhuma justificativa.

Veja também:   PM detém agricultor com espingardas e munição

“Demitiram minha menina. Minha ‘bichinha’ tem o maior amor pelo prefeito. Toda vida votou e se matou por ele. E além da queda, o coice! Aconteceu de eu receber a carta de desfiliação do Avante, acusando que eu tenho contato com a oposição e que recebo dinheiro”, contou o vereador aos prantos, complementando:

“Eu digo a toda população e em nome de Deus que não recebi um real. Nunca pensei que aconteceria isso em minha vida. Hoje não sei como minha vida vai ser. O futuro a Deus pertence. E eu tenho até dia 06 de abril para resolver minha vida”.

Veja também:   Diácono e ex-prefeito foi sepultado em ST