Vereador denuncia obra parada em ST e alerta sobre prejuízos

Fotos: Da Assessoria

Publicado às 06h10 desta quarta-feira (9)

O parlamentar serra-talhadense Vandinho da Saúde denunciou nesta segunda-feira (7) a paralisação das obras de reforma e ampliação do Colégio Municipal Cônego Torres, em Serra Talhada. Durante fiscalização, o vereador afirma ter encontrado as obras aparentando abandono por parte da gestão Márcia Conrado.

Vandinho questionou também a implantação de um parque infantil que deverá ser instalado no local pelo valor de R$ 1,3 milhão. A reforma do Cônego foi iniciada no dia 24 de setembro de 2021, com investimento de R$ 2.029.683,82 . O prazo de entrega era de 12 meses, ou seja, deveria estar concluída em setembro de 2022.

Vereador denuncia obra parada em ST e alerta sobre prejuízos

“A reforma está parada, foram dois milhões e vinte e nove mil reais investidos aqui, mas até agora a escola se encontra nessa situação, tudo jogado, não concluíram nem a frente da escola. Encontrei materiais de construção espalhados, a placa da obra jogada no chão e os portões da escola amarrados com corda, sem oferecer nenhuma segurança. Mais um absurdo em Serra Talhada, mais uma obra parada, abandonada. E o fato interessante é que um milhão e trezentos e dez mil vão ser usados para implantar um parquinho”, questionou.

Veja também:   Pesquisa Quaest: Lula lidera com 42%, contra 34% de Bolsonaro

Vereador denuncia obra parada em ST e alerta sobre prejuízos

OUTRO LADO

A reportagem do Farol de Notícias também entrou em contato com a Secretaria de Educação para ouvir os esclarecimentos pertinentes sobre a paralização das obras. Por meio de nota oficial, pasta detalhou o andamento das obras, com todas as etapas já realizadas e descreveu a paralisação como ‘imprevistos’ que causaram realinhamentos no planejamento inicial da obra. Leia a nota na íntegra:

Vereador denuncia obra parada em ST e alerta sobre prejuízos

NOTA DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

Apesar do atraso no cronograma inicial dos serviços referentes à Reforma e Ampliação do Colégio Municipal Cônego Torres, já foram realizaram as seguintes atividades:

• Construção da piscina;
• Construção de vestiários;
• Construção de bloco de laboratórios (contemplando laboratório de informática, laboratório de ciências, sala temática e sala de dança e teatro);
• Construção do bloco de refeitório (cozinha, depósito de merenda, área de refeição, entre outros);
• Retelhamento geral do telhado;
• Construção de banheiros masculino e feminino no 1º pavimento;
• Recuperação de esquadrias em madeira da fachada preservando as características originais da edificação;
• Pavimentação externa em intertravado;
• Construção de quadra de vôlei de areia;
• Construção de guarita;
• Construção de nova frente da escola com substituição do muro por gradis metálicos;
• Demolição de forro antigo e execução de novo forro em gesso;
• Substituição de luminárias convencionais por led.
• Construção de novo reservatório inferior.

Veja também:   Extra de R$ 4.500 para quem já recebeu o Auxílio Brasil e continua no Bolsa Família

É importante destacar que todo serviço de reforma por mais bem planejado que seja está passivo de imprevistos, em especial, no Colégio Municipal Cônego Torres, já que se trata de uma edificação de importância histórica e afetiva para o município. Diante destes imprevistos foram necessários realinhamento nos serviços planejado. Além das dificuldades encontradas para a execução dos serviços, destaca-se que as atividades desta unidade de ensino continuaram funcionando não sendo possível a desocupação completa do imóvel para realização da obra.

Veja também:   Serra-talhadense reencontra mãe perdida há 34 anos

Vale ressaltar que, além da obra, existem outros serviços complementares que estão sendo realizados para acelerar a entrega do equipamento, dentre eles: instalação de aparelhos de ar condicionado nos ambientes já concluídos, instalação dos novos quadros em vidro nas salas de aula, implantação do paisagismo iniciado pelas espécies arbóreas e palmeiras, entrega do mobiliário novo, como carteiras escolares, equipamentos de cozinha (fogões, freezers, refrigeradores, micro-ondas, etc), armários, estantes, birôs, cadeiras tipo secretária, dentre vários outros equipamentos.

Logo que os trâmites burocráticos sejam resolvidos a obra será retomada e entregue de forma definitiva à comunidade.

Vereador denuncia obra parada em ST e alerta sobre prejuízos Vereador denuncia obra parada em ST e alerta sobre prejuízos Vereador denuncia obra parada em ST e alerta sobre prejuízos Vereador denuncia obra parada em ST e alerta sobre prejuízos