Publicado às 16h45 desta sexta (17)

O vereador Pinheiro de São Miguel denunciou, durante o programa Falando Francamente, na TV FAROL no YouTube, nesta sexta-feira (17), a situação de precariedade de cemitérios na zona rural e no principal da cidade, situado no bairro Bom Jesus. Pinheiro disse também que vem acompanhando pelo site FAROL DE NOTÍCIAS as constantes reclamações da população que tem nos enviando vídeos e fotos do estado lamentável desses espaços públicos. A última denúncia preocupante atesta que corpos estariam sendo sepultados já nos espaços de passagem de pedestres no cemitério central [veja aqui]. Além disso, jazigos vêm sendo depredados e furtados constantemente.

“É lamentável o que vem acontecendo no cemitério de Serra Talhada e não é de hoje. Depois que eu estou vereador do segundo mandato, desde 2013 que eu venho pedindo apelando, solicitando, já participei de reunião na gestão anterior, de um novo cemitério, mas a questão de segurança e o abandono que está também, não só um novo, mas preservar o que nós temos. A mesma coisa está acontecendo nos distritos e zona rural, o que não está quebrado, muro caído, está cheio de mato, falta energia. Aqui mesmo, a iluminação é péssima, na zona rural nem todos tem iluminação, estão caindo. Quero até dizer que essa foto não é de hoje, é de alguns dias atrás e outras mais recentes, não só da família Ramos Carvalho, tem de outras famílias também e foram os familiares que mandaram essas fotos para mim”, disse Pinheiro, alertando. O vereador ainda reforça:

“Talvez algumas fotos dessas, a própria família tem feito o conserto, mas falta segurança, falta espaço, estão usando espaço onde os pedestres devem entrar com os corpos para sepultar e está aí a foto para ver que tem até garrafa de cachaça e quero esclarecer que não é só de uma família é de outras famílias. Talvez algumas coisas dessas aí já estejam consertadas, mas nossa realidade eu venho cobrando desde 2013 solicitando  para que tenha um dinheiro garantido para se fazer. A gente não viu nenhum movimento nesse sentido, o único movimento que teve foi uma reunião, isso em 2015, mais ou menos, foi conversado com Paulo BM para ele explorar nesse sentido para se tornar público e privado, mas também não andou, ficou.”

Veja também:   Após 2 anos, Belmonte realiza a 28ª Cavalgada à Pedra do Reino

ASSISTA A ENTREVISTA DE PINHEIRO DE SÃO MIGUEL NA TV FAROL

“VENHO COBRANDO NA CÂMARA MUNICIPAL”

“Eu sempre venho cobrando, todo mundo que acompanha a tribuna da Câmara, venho cobrando, mas não tem tido solução. A partir da próxima semana, eu vou provocar os colegas vereadores para que nós devemos formar uma comissão para cuidar disso. Falar com a gestora, pode até pegar um ou dois membros de famílias que estão passando por esse momento difícil para fazer parte porque se não tomar providência, vamos ter uma conversa franca. Ela assumiu agora, a pesar de que o que está acontecendo também é na gestão da prefeita e precisa de segurança, precisa de melhoria, precisa de iluminação, precisa de um novo cemitério, tudo isso a gente vem cobrando”, garantiu Pinheiro, mostrando-se solidário:

“Eu vim aqui ser solidário ao povo de Serra Talhada, eu quero apelar e mandar um recado para a prefeita, a secretários, ao vice-prefeito que vamos tomar providência na questão do nosso cemitério. Está um abandono, um descaso, está num momento de fazermos isso. Sabemos que tem as dificuldades, mas não justifica que há muito anos vem isso, eu venho cobrando e não foi feito nenhum tipo de melhorias.”