Fotos: Celso Garcia/Farol de Notícias

Publicado às 05h48 desta terça-feira (17)

Recentemente, o empreendedor no ramo do caldo de cana em Serra Talhada, Antônio Venâncio Pereira Nogueira, 53 anos, morador do bairro Nossa Senhora da Conceição, está enfrentando um problema em relação à manutenção do seu local de trabalho, na Rua Manoel Pereira Lins. Antônio é um trabalhador honrado e com muitas amizades na Capital de Xaxado, mas pela segunda vez a mesma pessoa o denunciou alegando perturbação de sossego.

Na manhã esta segunda-feira (16), a reportagem visitou o caldo de cana do Sr. Antônio para conversar sobre o ocorrido e se refrescar com caldo. O empreendedor lamentou a situação e está se mobilizando para manter o empreendimento na Rua Manoel Pereira Lins. Em conversa com o Farol, ele revelou que recebeu uma visita da Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA) e que até quarta-feira terá o desfecho da situação. Está fazendo um abaixo-assinado e já recolheu várias assinaturas, inclusive dos vizinhos, além disso, foi medido os decibéis e não ultrapassou o máximo permitido.

”Estiveram aqui, conversei com o rapaz da AMMA, pediram para eu fazer um abaixo-assinado e quarta-feira vou lá saber o resultado, me deram o prazo até quinta-feira, mas vou logo. Pela segunda vez, a mesma pessoa me denuncia, o que ele alega é que estou incomodando, que não está dormindo. Já recolhi muitas assinaturas, todos os vizinhos daqui assinaram, quer dizer que se eu tive incomodando só é a um, só um que não assinou”, lamentou Antônio, porém continuou alimentando a esperança de permanecer no ponto.

”Eu acredito que dê certo porque não é o poder público que está querendo tirar, é uma pessoa só. Sei quem é a pessoa, já fui lá falar com o pai dele, inclusive um irmão dele assinou o abaixo assinado. Acho que 99% quer que fique certo e eu fique porque o poder público está me dando o maior apoio, porque mediram aqui e com o barulho da rua deu 65 e o permitido é até 80 decibéis. Graças a Deus, sou bem-visto na sociedade, Dr. Waldir também me deu apoio, um advogado me ofereceu ajuda, disse que qualquer coisa podia ir ao escritório”.

Veja também:   Jovem é atacado por 2 homens próximo ao viaduto em ST

Antônio do Caldo de Cana promove uma nobre ação dia 31 de dezembro, há 16 anos, quando distribui caldo de cana gratuito para os clientes e amigos, sem restrição de quantidade, os visitantes tomam quantos copos quiserem. Segundo ele, essa é uma forma de agradecer a Deus pelo ano de trabalho e aos clientes por estarem sempre procurando o serviço. (relembre aqui)