Youtuber enterrado no quintal morreu por overdose após relação sexualHenrique era influenciador no Youtube /Foto: Reprodução/Instagram

Por Diário do Nordeste

A causa da morte do youtuber Carlos Henrique Pires Medeiros, de 26 anos, foi confirmada nesta quinta-feira (11), pela Polícia Civil de São Paulo. O influenciador teve uma overdose, após ter uma relação sexual, em Itapecerica da Serra. As informações são do jornal O Globo.

Henrique havia saído para jantar na casa de amigos na véspera de natal. O corpo do jovem foi encontrado no dia 1º de janeiro.

Veja também:   Ingrid Guimarães diz que votaria no cachorro para não votar em Bolsonaro

Conforme Luís Hellmeister, titular do 1º DP do município e responsável pelo caso, as investigações já davam conta que a morte de Henrique poderia ter ocorrido a partir da combinação de cocaína e lança-perfume, além do aumento da pressão arterial durante a relação sexual.

O delegado ainda afirma que desde a primeira conversa que teve os vizinhos, que enterraram o corpo, ele já imaginava essa conclusão do caso.

“Precisava esperar a liberação dos exames realizados pelo IML para comprovar minha hipótese. Eles se entregaram na delegacia, falaram que tinham medo de perder a guarda dos filhos, diante do cenário da casa naquela noite. Não houve homicídio, mas eles tinham que ter chamado a polícia e estaria tudo resolvido”, afirmou.

Veja também:   Bolsonaro recua da fusão entre os ministérios

RELEMBRE O CASO

Henrique Medeiros acumulava 84 mil seguidores no Instagram e mais de 1,7 milhões de inscritos no Youtube. A última mensagem enviada a família foi às 1h37min, no dia 25 de dezembro, desejando “Feliz Natal”.

O cadáver do jovem foi descoberto após cinco dias na casa que pertence à irmã da adolescente que teve relações sexuais com o influenciador.

A mulher de 24 anos e o marido, de 28, também dono do imóvel, foram presos suspeitos de envolvimento na morte de Henrique.

Veja também:   Polícia Federal deflagra 8ª fase da Operação Zelotes em três estados, incluindo Pernambuco

De acordo com a investigação, havia três pessoas na casa, além do influenciador. Todos se conheciam. A casa onde o corpo de Medeiros foi encontrada foi incendiada pela população. A morte do jovem causou comoção na cidade. Ninguém foi preso suspeito de incendiar o local.