Publicado às 05h32 desta quinta-feira (4)

Por Jorge Apolônio, Policial Federal e membro da Academia Serra-talhadense de Letras (ASL)

Está provado o que já era óbvio. Tanto quanto a SAÚDE, a ECONOMIA é vital, é fundamental para o bem estar da sociedade, para a VIDA das pessoas.

Aloprados por uma mídia esquerdopata, insana, durante a pandemia da covid-19, os tecnocratas e políticos, que decidem tudo sobre a vida das pessoas, tomaram decisões tresloucadas sob o aspecto econômico na intenção de preservar vidas, segundo eles mesmos.

É fato que ninguém sabia exatamente o que fazer e esse desconto tem que ser dado a todos. Mas quando se adotou e se insistiu na ideia estúpida de trancar todos em casa para esperar a curva da infecção baixar e o vírus ir embora, foi aí que os tecnocratas e políticos deram um tiro no pé. Está provado que o lockdown, além de só atrasar o inevitável: a contaminação de rebanho, provoca um desastre econômico tão ou mais grave que a própria pandemia.

Veja também:   Filas enormes em ST nessa sexta-feira (12) para o Auxílio Brasil

Quem se insurgiu contra tais medidas foi ridicularizado, vilipendiado e até espancado e preso. No mundo inteiro, milhares de empresas faliram, milhões de trabalhadores ficaram desempregados. Ora, todo ser razoavelmente instruído sabe que um remédio, que é feito para curar, óbvio, pode matar caso se exagere na dose, também óbvio. Foi o caso. Mataram a economia.

A quebra das cadeias produtivas durante a pandemia da Covid-19 foi o maior atentado contra a economia mundial já praticado na história da humanidade. Não satisfeitos com o desastre que provocaram, os tecnocratas e políticos entenderam por bem emitir dinheiro sem fim para o povo a fim de estimular a economia. Outro disparate. Um erro não conserta o outro. O que ocorreu na sequência?  A lógica econômica: I N F L A Ç Ã O.

Veja também:   Colisão entre motos no giradouro do Shopping deixa 3 feridos em ST

Por si sós, esses atos desastrosos são os responsáveis pelos altos preços de tudo no planeta e não só no Brasil, sobretudo nos combustíveis e, lógico, alimentos. Como se não bastasse, esse desastre teve seus efeitos reforçados pela guerra entre Rússia e Ucrânia, que vem, a princípio, pesar ainda mais na alta dos preços do petróleo, além dos fertilizantes, para desembocar nos preços dos alimentos também e tudo o mais.

A população mundial tem que aprender que ficar em casa não é a solução, que os políticos e tecnocratas são humanos, não são seres superdotados, ainda que se achem, são passíveis de falhas como qualquer um, não têm o condão de fazer exatamente a coisa certa, mas, infelizmente. têm o poder de nos impor suas decisões, ainda que estapafúrdias e até ilegais. Essa atitude tem nome e se chama A U T O R I T A R I S M O. É preciso estar alerta e reagir ao próximo surto autoritário. Ninguém, sob qualquer justificativa, tem o direito de suprimir nossa   L I B E R D A D E.

Veja também:   Vandinho reassume comissão e desabafa