Publicado às 04h47 desta quinta-feira (4)

Da Assessoria

O município de Serra Talhada foi contemplado com R$ 1 milhão para execução do Programa Alimenta Brasil (PAB), antigo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), do Governo Federal, que adquire alimentos fornecidos por agricultores familiares para atender os equipamentos públicos da rede socioassistencial do município.

Serra Talhada é o único município Pernambucano aprovado nesta etapa do Alimenta Brasil, conforme a Portaria Nº 199, de 28 de junho de 2022. A cidade ficou entre as nove cidades do país contempladas com valores a partir de R$ 1 milhão para aquisição de alimentos. O prazo para execução do programa é de doze meses, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, Mulher e Cidadania.

Veja também:   Marília com folga e empate no segundo lugar

Serão 84 agricultores familiares contemplados com o programa em Serra Talhada, residentes nas comunidades de Poço Frio, Tapera, Malhada do Juá, Juazeirinho, Logradouro, Água Branca, São Miguel, Poço Redondo, Lagoa da Pedra, São João dos Gaia, Xique Xique e assentamentos Gilvan Santos e Virgolino Ferreira. Os alimentos adquiridos serão frutas, verduras, tubérculos e carnes de caprinos, ovinos, frango e galinha caipira.

A prefeita Márcia Conrado destacou a importância do programa para a agricultura familiar e assistência social. “O município de Serra Talhada fez a convalidação do PAA para o Programa Alimenta Brasil, e graças ao trabalho exitoso de nossa equipe conseguimos aprovar um milhão de reais para aquisição de alimentos saudáveis junto aos nossos agricultores familiares, produtos que serão destinados para a alimentação de milhares de pessoas que são atendidas pelos equipamentos da nossa rede de assistência social, garantindo renda para as famílias do campo e segurança alimentar para as pessoas atendidas”, afirmou.

Veja também:   Em nota, Zeca Cavalcanti confirma candidatura

“Com a mudança do PAA para Alimenta Brasil, nossa equipe atendeu todos os critérios e fomos aprovados pelo programa com o valor de um milhão, recursos que serão destinados à aquisição de alimentos da agricultura familiar, beneficiando mais de oitenta agricultores rurais e dezenas de entidades da nossa rede socioassistencial”, comentou a secretária de Assistência Social, Mulher e Cidadania, Karina Rodrigues.