Publicado às 19h14 desta sexta-feira (18)

Esse texto na verdade é um convite. Quero lhe convidar caro leitor a pensar na saúde de uma forma ampla. Acho que nunca se falou tanto em prevenção, em qualidade de vida, em como envelhecer esbanjando saúde, ter disposição.

Pois é, justamente por isso que escrevemos hoje sobre a saúde do idoso. É um tema importante, que tem que estar na sua prioridade e da sua família. Se cuidamos e estimulamos as crianças, o que estamos fazendo com os nossos idosos?

Você sabia que uma pessoa idosa não precisa ficar doente ou ter dores de coluna ou artrose (duas das cinco doenças mais diagnosticadas entre essa parcela da população) para procurar uma clínica de fisioterapia? Principalmente se essa clínica for a FisioSerra, que tem várias áreas de atendimento.

“Queremos conscientizar as famílias que elas não precisam, por exemplo, esperar seus pais terem dificuldade em andar para nos procurar. A fisioterapia vai muito além do tratar. Se com as crianças fazemos estimulação precoce para ajudar no desenvolvimento, com os idosos é o inverso, ou seja, ajudamos na qualidade do seu envelhecimento”, explica a fisioterapeuta Madalena Aureliano.

E envelhecer com qualidade é principalmente minimizar as barreiras da idade. Acabou-se aquela história que lugar de idoso é numa cadeira de balanço. Ele pode e deve ser ativo, mas para isso precisa se cuidar.

“Na fisioterapia e suas múltiplas atuações podemos fazer trabalho de força, equilíbrio, melhorar a coordenação motora e até a condição cardiopulmonar do idoso. Gosto de dizer que somos facilitadores nesse processo de envelhecimento”, argumenta Madalena.

Outra questão importante que se faz necessário é entender que alguns sintomas não são da idade. Uma mulher mais velha que tem perda de urina precisa saber que na grande maioria dos casos essa disfunção não está necessariamente atrelada à idade, como aquelas frases feitas que estamos acostumadas a ouvir que é “da idade e pronto”. “Muito pelo contrário. Não vamos cair, nem continuar no conceito de que são coisas da idade e não há nada a fazer. Fisioterapia também é prevenção”, ensina.

Veja também:   Musk diz que acordo do Twitter está 'temporariamente suspenso"

SOBRE OS IDOSOS

O Brasil já tem 29,3 milhões de idosos. Isso corresponde a 14,3% da nossa população. Até 2030, segundo o Ministério da Saúde, o número de idosos no país deve superar o de crianças e adolescentes. Isso comprova que a população brasileira está em acelerado processo de envelhecimento.

Uma projeção divulgada recentemente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que, até 2060, o percentual de pessoas com mais de 65 anos passará dos atuais 9,2% para 25,5%. Ou seja: um em cada quatro brasileiros será idoso.