Da CNN Brasil

Joe Biden deverá nomear o atual procurador-geral da Califórnia, Xavier Becerra, como secretário de Saúde e Recursos Humanos dos Estados Unidos, de acordo com reportagens da imprensa americana nesta segunda-feira (7).

Becerra nasceu na cidade de Sacramento, na Califórnia, mas seus pais são mexicanos. Ele é a segunda pessoa de origem latino-americana no governo de Biden: no mês passado, o presidente eleito anunciou que Alejandro Mayorkas, que nasceu em Cuba, mas se mudou ainda criança para a Califórnia, vai ocupar o Departamento de Segurança Interna (DHS, na sigla em inglês).

Foram canal NBC, o jornal “The New York Times” e outros meios de comunicação que informaram os planos de Biden para nomear Becerra, citando fontes anônimas próximas ao presidente eleito.

Antes de ser procurador-geral da Califórnia, Becerra foi deputado pelo estado. No legislativo, ele defendeu pautas dos direitos dos latino-americanos e o programa de saúde do ex-presidente Barack Obama, uma política que foi muito atacada por Donald Trump e pelo Partido Republicano.

No cargo de procurador-geral da Califórnia, Becerra lidera uma coalizão de estados que são favoráveis ao plano de saúde de Obama, que é questionado na Justiça dos EUA.

Becerra, de 62 anos, foi eleito procurador-geral da Califórnia em 2016 e sucedeu Kamala Harris, que foi eleita para o Senado naquele ano. Ela é a vice-presidente eleita.

Nascido em Sacramento (Califórnia) e de origem mexicana, ele foi o primeiro latino a ocupar o cargo.