FALTA DE SINALIZAÇÃO CAUSA ACIDENTES NA REGIÃO DA ESCOLA IRNERO IGNÁCIO
FALTA DE SINALIZAÇÃO PROVOCA ACIDENTES NA REGIÃO DA ESCOLA IRNERO IGNÁCIO

FOTOS: ALEJANDRO GARCÍA / FAROL DE NOTÍCIAS

O trânsito caótico em Serra Talhada não está afetando apenas motoristas e pedestres nas principais vias da cidade, a falta de sinalização e a displicência de condutores têm gerado graves consequências também para regiões escolares. Uma criança de 12 anos foi atropelada ao sair da Escola Irnero Ignácio, na tarde dessa terça-feira (02), e o problema vem causando revolta entre estudantes e a direção do colégio. A diretora, Lúcia Helena Magalhães, culpa a prefeitura da Capital do Xaxado pela falta de sinalização no trânsito no local.

Ela conta que um aluno do 8º ano do ensino Fundamental estava de saída da escola e esperava os colegas numa área onde se encontram várias manilhas de tubulação de uma obra que está sendo realizada em frente ao colégio. Lúcia Helena relata que um carro passou por cima do pé da criança e fugiu sem prestar socorro. O garoto foi socorrido para o Hospam. A criança teve escoriações leves, porém o caso agravou-se, já que ele sofre de diabetes e o aumento de suas taxas pioraram o quadro.

Veja também:   VIAGEM AO PASSADO: A memória de Serra Talhada se apaga a cada dia e poucos reagem

Lúcia Helena relatou que a situação daquela área é de abandono e há anos a escola solicita sinalização.“Todo mundo sabe que na área escolar tem que ter sinalização. Na gestão passada, Alda fez ofício solicitando, na gestão de Carlos Evandro foram feitos dois abaixo-assinados e entregues à prefeitura e não recebemos resposta. Depois veio Luciano Duque, ano passado, enviei ofício solicitando tanto a sinalização vertical como a horizontal e uma faixa de pedestres, que aí a gente educa os alunos e eles sabem que tem que atravessar ali, mas a gente não teve resposta nenhuma”.

Veja também:   ESPORTES: 1ª Copa de Handebol atrai centenas de pessoas ao Egídio Torres em ST

FALTA SINALIZAÇÃO, ILUMINAÇÃO E SEGURANÇA

A área onde se encontram essas manilhas de tubulação já foi notícia no FAROL, denunciada pelos moradores da região como ponto de uso de drogas (relembre). Agora também se mostra como área de risco de acidentes. A falta de sinalização, calçamento e iluminação possibilitam que os motoristas transitem irregularmente trazendo preocupação à comunidade escolar do Irnero Ignácio e aos moradores da região.

“Com as solicitações anteriores eles colocaram um muro de terra na lateral, só que ficou muito feio. Um dia eles estavam fazendo um serviço aqui em frente à escola e eu pedi a Célio Antunes que se possível retirasse o muro de terra e colocasse gelo baiano, que era o ideal e ele disse ‘nós vamos tirar, sim, e coloca o gelo baiano’. Só que ele mandou tirar o muro e não colocou o gelo baiano e só vem piorando a situação”, reitera a diretora.

Veja também:   Memória Legislativa: Quando o governo Tião sancionou a lei que previa salvar o Rio Pajeú

DIRETORA VEM SOLICITANDO MUDANÇAS NO TRÂNSITO EM FRENTE À ESCOLA, MAS NÃO OBTEVE RETORNO DA PREFEITURA DE SERRA TALHADA

DSC_0092DSC_0130 DSC_0132DSC_0107