Publicado às 10h25 desta terça-feira (2)

A Escola de Samba Mancha Verde homenageará o Nordeste e o Xaxado no Carnaval de São Paulo em 2023. A divulgação foi feita através do site oficial do grêmio recreativo e cultural originado há 27 anos após a torcida do Palmeiras decidir participar da folia.

Localizada no bairro Bom Retiro, na capital paulista, a agremiação terá como enredo uma exaltação a cultura popular “Oxente! Sou xaxado, sou Nordeste, sou Brasil”. Nos primeiros versos da composição do samba e da sinopse do tema é destacado a antiga Fazenda Villa Bella, que originou o atual município de Serra Talhada, que também aparece na primeira estrofe.

“Eu nasci em Vila Bella
Entre carcarás, calangos e tatus
Originalmente, valente
À Serra Talhada, eu faço jus”.

Veja também:   Marconi Santana cumpre agenda em Brasília

Canta a sinopse que inspira o tema, o samba enredo e toda a composição do desfile

Diversos elementos culturais fazem uma rota pela cultura nordestina, exaltados como patrimônios nacionais na composição de Edinho Gomes e Gilson Bernini. O cangaço de Lampião e Maria Bonita estão presentes e a fé sertaneja também é mencionada com a figura representativa de “Padim Ciço” na letra, além do artesanato de  Mestre Vitalino.

A Mancha Verde acumula 10 títulos entre os grupos Especiais e de Acesso. O atual presidente da Mancha Verde é o Paulinho Serdan, e tem como carnavalesco André Machado. O samba enredo da escola já foi divulgado nas redes sociais e ao que parece vai colocar muito “cabra da peste” para sambar e muitos foliões para xaxar na Avenida do Anhembi.

Veja também:   Europa apresenta mais de 660 mil hectares de florestas queimadas

 

OUÇA O SAMBA ENREDO DA MANCHA VERDE