Do G1 PE

Alunos da Escola de Referência em Ensino Médio Agamenon Magalhães, em São Caetano, no Agreste de Pernambuco, reclamaram que a merenda servida na unidade de ensino estava com larvas. Segundo os estudantes, a situação causou um tumulto na escola na tarde da quarta-feira (23).

“Eu quero que alguém tome providências disso. Não pode estar acontecendo o que está acontecendo dentro da escola. E se um aluno daquele pega uma infecção de uma comida dessa? Porque não é correto”, disse a mãe de uma das alunas da instituição de ensino.

A mãe da aluna que reclamou da situação informou que será realizada uma reunião na escola nesta quinta (24) para falar sobre o caso da merenda. Por meio de nota, a Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco (SEE) informou ao g1 que vai enviar ainda nesta quinta “uma equipe de nutricionistas para fazer visita de inspeção na Escola de Referência em Ensino Médio”.

“O intuito é fiscalizar e verificar a qualidade da merenda escolar, após denúncias dos estudantes. Ainda nesta tarde, a equipe de nutrição vai se reunir com a empresa responsável pela merenda, com a comunidade escolar, com equipe da Gerência Regional de Educação (GRE) e com o corpo docente da unidade de ensino para esclarecer toda a situação e tomar as medidas cabíveis”, destacou a secretaria.

Veja também:   Hospam tem quase 30 crianças internadas