Familiares: 'Davi Boiadeiro' queria refazer a vida em Serra Talhada
Davi Boiadeiro – Foto: Arquivo Pessoal

Com informações de Giovanni Alves (editor do Farol)

Após o assassinato de Davi Rodrigues dos Santos, conhecido como Davi Boiadeiro, 33 anos, natural do estado de Alagoas, familiares da vítima entraram em contato com o Farol na manhã desta quinta-feira (28) para lamentar o ocorrido.

Com exclusividade, uma prima de Davi afirmou a nossa reportagem que a família já sabe quem seria o mandante do crime. E que não é ninguém de Serra Talhada, sendo de lá mesmo da região onde moram.

Davi foi alvejado com tiros na cabeça por uma dupla em uma motocicleta preta, por volta das 8h da manhã, na Avenida João Kehrle, no bairro Ipsep.

Veja também:   Operação contra jogo do bicho prende 5 em PE

Os disparos ocorreram a poucos metros do apartamento que estava morando há cerca de 2 meses em Serra Talhada.

Davi havia sido condenado a 16 anos de prisão pela Justiça alagoana após o assassinato de uma enfermeira em 2015, na cidade de Batalha-AL.

Em 2018 ele foi preso em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, após uma tentativa de homicídio.

“Há menos de dois meses estava aqui com a gente em Alagoas, e disse que alguém conhecido tinha arranjado um emprego em Serra Talhada para ele. Meu avô aconselhou ele a não ir, mas ele disse que não tinha problema nenhum, só queria trabalhar e refazer a vida dele. O tio chamou para ele tentar sair da criminalidade”, explicou a prima da vítima.

Veja também:   Após compras falsas na loja Havan, mulher cai em golpe em ST

Davi Rodrigues é de uma família conhecida no interior do estado de Alagoas. Eles acreditam que o mandante do crime encomendou a execução e o perseguiu até Serra Talhada.

“Deve ser problema antigo de pessoas que souberam que ele estava em Serra Talhada. A família recebeu um nome como mandante do crime. Já temos informações, foi daqui de Alagoas. Não tem envolvimento com ninguém daí, é o que posso falar pra vocês [do Farol]”.

RELEMBRE O CASO

Homem é morto a tiros no Ipsep nesta quinta (28) em ST

Homem morto nesta 5ª morava há 2 meses em ST; saiba nome