Publicado às 14h desta quinta-feira (9)

O Grupo de Operações Especiais (GOE) já está trabalhando em Serra Talhada apurando e buscando pistas que levem até aos assassinos do vereador Zé Dida Gaia, que foi morto na semana passada, no bairro Alto da Conceição, quando abastecia o seu veículo. Na oportunidade, um dos filhos do parlamentar testemunhou tudo, mas não foi atingido. A reportagem do Farol apurou que cerca de oito homens foram designados pela Chefia da Polícia para o caso ‘Zé Dida’.

O GOE é uma unidade da Polícia Civil de Pernambuco. Integrada por policiais altamente treinados em resgate de vítimas do crime de extorsão mediante seqüestro, invasão de cativeiros e enfrentamento de delinqüentes de grande periculosidade, tem, através de uma ação eficiente, auxiliado na redução dos índices dessa modalidade criminosa no estado. A unidade policial, subordinada à Diretoria Integrada Especializada (DIRESP), tem a sua sede no bairro de Cordeiro, em Recife.

Veja também:   Empresário serra-talhadense é alvo da PF

Toda a investigação ocorre sob segredo de justiça, mas a Polícia Civil divulgou nota, logo após o crime, afirmando que uma coletiva de imprensa será realizada, em breve, com o resultado das primeiras investigações.

Leia também:

Detalhes da morte de Zé Dida em ST revelam frieza