Publicado às 03h30 desta segunda-feira (2)

Um homem que tentou matar a sua companheira com golpes de paralelepípedo no bairro São Cristóvão, em Serra Talhada, foi preso no último sábado (30) no município de Imaculada (PB). A Polícia efetuou a prisão após ele assassinar um idoso de 73 anos, na região de Patos, também na Paraíba. As primeiras informações são de que o idoso foi morto com um golpe de faca peixeira no pescoço, após ser flagrado pelo suspeito abusando de uma menor de 16 anos.

Nesse domingo (1) a reportagem do Farol conversou com a dona de casa serra-talhadense que atacada pelo  criminoso. De acordo com Maria do Socorro Artur da Silva, no dia 14 de abril de 2021, por volta das 02h30, o homem, que era o seu companheiro, tentou fazer sexo à força com ela, que resistiu, e foi atacada com uma pedra de paralelepípedo. O filho da vítima confirmou a polícia que encontrou a pedra debaixo da cama, toda ensaguentada, e a mãe chorando muito. O rapaz também relatou que chegou a ouvir os gritos da mãe.  Em depoimento a polícia militar, o agressor acabou confessando o crime, e que teria agido por razões de ciúmes. Na época, a polícia chegou a prender o suspeito, que foi liberado em seguida, e foragiu.

“Eu fui atacada por ele quando estava dormindo, e a intenção era de me matar. Como eu desmaei, ele pensou que eu estava morta. Eu creio que a ideia dele era matar a mim e aos meus filhos. Mas graças a Deus, estou aqui. Na época, eu disse ao delegado, “Dr. o senhor liberou, mas saiba que ele vai matar um inocente’. É lamentável isto. Se tivesse tido justiça, há um ano atrás, esta vida teria sido poupada. Escapei por um milagre”, disse Maria do Socorro Silva, que até hoje tem sequelas da tentativa de feminicídio.

Veja também:   Homem ameaça atear fogo em casa após agressão

Leia também:

Marido ataca a esposa com pedradas na cabeça em ST

Após ataque, mulher diz que tem medo de morrer