Da Revista Fórum

O deputado Kim Kataguiri (DEM-SP) provocou Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) nas redes sociais nesta quinta-feira (29). Líder do MBL, Kataguiri acusou o filho do presidente de ser um “deputado fantasma”, que só comparece ao plenário para bater cartão, classificando-o como “mimado e irresponsável”.

“Deputados fantasmas, como Eduardo Bolsonaro, que colocam a digital no plenário e vão embora, olham para o painel, seguem a liderança do partido e só sabem o que votaram depois de votar. Prática de deputado mimado e irresponsável. Papai só vetou parte do projeto, mantendo os 2 a 8”, comentou Kataguiri no Twitter.

Se você curte o jornalismo da Fórum clique aqui. Em breve, você terá novidades que vão te colocar numa rede em que ninguém solta a mão de ninguém

O deputado fez menção ao projeto que foi aprovado no Congresso na noite desta quarta-feira (28), derrubando o veto do presidente Jair Bolsonaro (PSL), a penas mais duras para quem propaga fake news nas eleições.

“Por que não xingou seu pai quando ele deixou passar o caput do projeto, que trata exatamente de denunciação caluniosa com fim eleitoral e pena de 2 a 8 anos? Por que não disse pra ele que era um absurdo comparado a homicídio culposo? E a história de ser rigorodo com bandido, cadê?”, completou o deputado do DEM.