Lixo acumulado em terreno preocupa moradores de ST
Foto enviada por leitor

Moradores da rua Romildo Dantas Queiroz, no bairro Alto da Conceição, em Serra Talhada, buscaram a redação do Farol de Notícias, na tarde desta quarta-feira (28) para alertar sobre o lixo acumulado nos terrenos privados que não possuem função social.

Diante do aumento de casos da dengue no país, muitos serra-talhadenses estão preocupados com os locais que possibilitam o surgimento de focos das lavas do Aedes Aegypti e com a proliferação de demais insetos.

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

“Moro há muitos anos nessa rua e nunca houve uma limpeza nesse terreno. Hoje, sei que o município está em alerta sobre o perigo das arboviroses, causado pelo mosquito Aedes Aegypti e este terreno tem facilitado para esse problema de saúde pública e o bem da saúde dos moradores vizinhos. Hoje até mesmo para um agente de saúde fazer seu trabalho está sem condições porque não tem mais como entrar no terreno por conta do mato” contou um morador.

Veja também:   Homem quebra cabine com marreta em assalto

Veja mais

Como proceder diante destes casos

O Farol conversou  com a Secretária de Serviços Públicos, Simone Daniel, que explicou a dificuldade sobre estes terrenos.

A gestora alegou que por serem propriedade privada, a secretaria não tem a competência legal para realizar a limpeza.

Diante deste tipo de problema, Simone aconselhou que os cidadãos procurem a Agência Municipal de Meio Ambiente – AMMA, que fica localizada no Centro Administrativo I, próximo ao Detran e a Apae.

Veja também:   Mãe diz que filho foi contaminado em ST por falhada da UBS