FAROL com Blog do Inaldo Sampaio

Presidido em Pernambuco pelo deputado Inocêncio Oliveira, o PR não teve um bom desempenho eleitoral nas eleições do último domingo. Elegeu apenas 17 prefeitos, entre os quais o de Petrolândia (Lourival Simões, que foi reeleito), Flores (Soraia Morioka), Ribeirão (Romeu Jacobina), São José do Belmonte (Marcelo Pereira), Triunfo (Luciano Bonfim foi reeleito) e Tracunhém (Belarmino Vasquez). A previsão de vitória dada pelo próprio cacique, antes das eleições, era de que iria eleger 40 prefeitos.

Mas a realidade se demonstrou diferente. Para se ter uma ideia, em 2008, o Partidoda República conquistou prefeituras importantes que agora não terá mais: Serra Talhada (com Carlos Evandro), Escada (com Jandelson Gouveia) e Bezerros (com Bete de Dael). Já o PT, do deputado Manoel Santos, cresceu em comparação ao pleito de 2008. Ele destacou  “avanço” do PT em Pernambuco, que saiu de 8 prefeituras em 2008 (incluindo a do Recife) para 13 em 2012 (excluindo a da capital). No Pajeú, o partido ganhou em Serra Talhada e São José do Egito.

Veja também:   Marília amplia vantagem e Danilo não decola