Da Metrópoles

Um homem, morador de São Paulo, causou a ira de uma companhia elétrica da cidade após popularizar na região, um dispositivo que economiza até 40% de energia elétrica. O aparelho, que leva o nome de Energy Filler, estaria causando uma queda de faturamento nas receitas financeiras da empresa, o que causou a ira de um grupo de empresários que controlam a companhia.

Identificado como Marcelo Lima, o homem que popularizou o Energy Filler, conta que adquiriu o aparelho há alguns meses, pela internet, e que estava utilizando o aparelho em sua residência. Desde então, ele constatou que houve uma queda de consumo na energia do seu imóvel em pelo menos 40%.

Foi o suficiente para Marcelo indicar o aparelho para todos os amigos e conhecidos da região, o que causou um efeito de manada, e vários moradores começaram, também, a utilizar o Energy Filler em suas residências. Percebendo a queda no faturamento da companhia, empresários que controlam a distribuidora de energia da cidade se mobilizaram e lançaram uma nota de repúdio ao uso do aparelho.

Marcelo constrói nova “fonte de renda”

O percursor do Energy Filler, na cidade de São Paulo, conta que construiu uma nova fonte de renda após começar a utilizar o aparelho. Ele conta que, o dinheiro economizado com as contas de energia, estão servindo para reformar a sua casa e pagar o financiamento de um carro.

“Praticamente construí uma nova fonte de renda. Estou conseguindo comprar o material para reformar minha casa e ainda consigo pagar o financiamento do meu carro, apenas com o dinheiro economizado das contas de energia que eu gastava todos os meses”, conta Marcelo.

Marcelo conta ainda que tem recebido diversos agradecimentos de pessoas que ele nem conhece, pela popularização do dispositivo na região, e que tem pessoas economizando mais de R$ 5.000,00 por mês com o aparelho.

Veja também:   Diretoria do Banco do Brasil vai comprar 1,2 mil kits

“Recebo agradecimentos de pessoas que nem conheço, e fico até feliz por isso. Um outro dia conheci um empresário, que tinha uma fábrica de calçados, e ele me contou que está economizando mais de R$ 5 mil após instalar o Energy Filler na fábrica dele”, disse Marcelo.

Energy Filler tem origem alemã

O aparelho, que faz sucesso na cidade de São Paulo, tem origem alemã e foi anunciado durante a COP26, do ano de 2021, se apresentando como uma solução inovadora para a redução do consumo de energia nuclear. Vale lembrar que a energia nuclear é a principal fonte de energia ativa do Ocidente.

A chegada ao Brasil ocorreu no final de 2021, após um leilão da própria desenvolvedora que definiu a empresa responsável pela importação e distribuição do aparelho em solo brasileiro. A vencedora do leilão foi a companhia Lumenos, empresa de varejo que vêm crescendo no Brasil nos últimos anos.

Até a presente data, a Lumenos segue sendo a distribuidora exclusiva do Energy Filler no Brasil.

Especialistas analisam aparelho e fazem alerta

Conversamos com Thiago Nakata, professor e engenheiro elétrico, sobre a eficiência e efeitos do Energy Filler quando utilizado. Thiago explica que o aparelho de fato funciona, mas que é necessário se atentar a autenticidade do dispositivo, que já possui réplicas no mercado.

“O Energy Filler realmente funciona, e tem outros benefícios inclusive, além da economia de energia. O grande problema é que já surgiram algumas falsificações no mercado, e essas podem ser extremamente perigosas e prejudiciais a rede elétrica onde estão instaladas”, disse Thiago.

Ele conta que, o aparelho original é comercializado exclusivamente pela internet, através do seu site oficial, e a Lumenos é a única empresa autorizada a realizar a comercialização do aparelho em solo brasileiro.

Veja também:   'Varíola dos macacos pode chegar ao Brasil em pouco tempo'

Empresa comenta sucesso e combate a pirataria

Conversamos com Hugo Moreira, CEO da Lumenos, sobre o sucesso do aparelho e a expectativa para os próximos meses. Hugo disse que o sucesso já era esperado, devido ao preço elevado da energia elétrica no Brasil, e conta que a empresa trabalha em ritmo acelerado para atender a toda demanda pelo produto.

“Estamos trabalhando dobrado para atender a demanda pelo produto, que já é enorme. Ampliamos nosso quadro de funcionários e centros de distribuições pelo Brasil, para atender a mais regiões e acelerar o tempo de entrega do nosso produto”, disse Hugo.

Ele explica ainda que, a empresa está tomando medidas duras para combater a pirataria e falsificações do produto.

“Estamos tomando medidas rigorosas para conter a falsificação do nosso produto em solo brasileiro. Reiteramos que produtos piratas podem causar danos irreversíveis a rede elétrica do local onde está instalado. Não recomendamos o uso dessas réplicas em hipótese alguma”, disse Hugo.

O Energy Filler segue sendo vendido através do seu site oficial (www.energyfiller.tk), e de acordo com a Lumenos, é entregue para todas as regiões do Brasil.