Fotos: Farol de Notícias/Josi Souza

Publicado às 10h18 desta segunda-feira (20)

Uma multidão compareceu a Casa de Homenagens Póstumas Bezerra de Melo, no Centro de Serra Talhada, nesta segunda-feira (20), no último adeus ao serra-talhadense Valdecílio Pereira, 54 anos, que morreu após um infarto fulminante nesse domingo (leia aqui). Ciro Pereira, como era mais conhecido, trabalhou por alguns anos no Hospital Agamenon Magalhães (Hospam) e era o mais antigo profissional do setor, na XI Gerência Regional de Saúde (Geres).

Na saída do féretro, os colegas de trabalho fizeram uma homenagem a Ciro, com um breve ‘apitaço’, utensílio usado no dia a dia da categoria. Antes, uma oração coletiva mexeu com os sentimentos da maioria dos presentes, e pelo menos por três vezes, salvas de palmas foram trocadas ainda no velório.

Veja também:   Mãe desabafa após frustração em evento solidário em ST

Durante o trajeto, comerciantes e comerciários também renderam homenagens a Ciro Pereira, que em vida, foi um católico fervoroso. Seu corpo foi sepultado no cemitério local.

Valdecílio Pereira deixa a esposa Sindinalva, as filhas Naiandra e Marina, e a netinha Eva. Aos familiares e amigos, os nossos sinceros sentimentos. Este foi o terceiro óbito do ano registrado na XI Geres.