Roberto Fernandes, ex-técnico do Náutico – Foto: Tiago Caldas/CNC

Do Folha de Pernambuco

 

Roberto Fernandes não é mais técnico do Náutico. O anúncio foi feito pelo Clube na noite deste domingo (17), poucas horas depois de o Timbu ter perdido para a Chapecoense de virada, por 2 a 1, nos

Aflitos pela Série B do Campeonato Brasileiro. Junto com Roberto, o seu auxiliar, Fernando Alves, também foi desligado. Dudu Capixaba, auxiliar técnico da casa, é quem fica no comando alvirrubro até que a diretoria anuncie o substituto de Roberto.

Logo após a partida, a torcida pedia a saída do treinador, que foi bastante xingado por quem estava na arquibancada. No entanto, durante a coletiva pós-jogo, Roberto garantia que a pressão maior por conta dos resultados ruins vinha, em sua maior parte, de fora do Clube.

Veja também:   Campanha nacional contra poliomielite nesta 2ª (8)

Esta foi a quinta passagem de Roberto pelos Aflitos, que chegou na fase final do Campeonato Pernambucano e garantiu o bicampeonato para a equipe alvirrubra.

Nesse tempo, esteve à frente do Náutico em 18 jogos, somando cinco vitórias, seis empates e sete derrotas. Com um aproveitamento de 38%, Roberto deixa o Náutico na zona de rebaixamento da Série B, com a marca de segundo pior mandante.