Terceira morte por dengue é confirmada em PE
Foto: Getty Images

Do Diario de PE

A informação foi confirmada nesta quarta-feira (8), pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), por meio do mais recente boletim epidemiológico emitido pela pasta.

Desde o início do ano, o Estado já soma 2.749 casos confirmados da doença. Isso equivale a um aumento de 12,3% se comparado com o último informe epidemiológico, divulgado pela SES no dia 30 de abril.

Além disso, dos quase 2,8 mil casos confirmados, 47 são graves e três pessoas já morreram em decorrência da doença neste ano, uma em Tuparetama e outra em Moreilândia, e à mais recente em Tabira, todos as cidades do Sertão do Estado

O ónito mais recente foi de um menino, de 10 anos, que era morador de Tabira.

Veja também:   Casos de dengue no País crescem 151% em 2022

“Não possuía comorbidades. Sintomas: Febre, dor articular, cefaléia, dor retro-ocular, mialgia, náuseas, prostração, sonolência, vômitos com sangue, hipotermia, prurido, dor abdominal, equimose, dor de garganta, coriza, petéquias, dispneia e paresia”, disse a SES por meio de nota.

Receba as manchetes do Farol de Notícias em primeira mão pelo WhatsApp (clique aqui)

O aumento de casos graves foi de 6,8% se comparado com o último boletim epidemiológico divulgado pela SES.

O número de casos prováveis nos primeiros quatro meses do ano de 2024 é 586,4% maior do que no mesmo período do ano anterior.

Além das três mortes confirmadas, outros 28 óbitos estão sob investigação da SES para constatação de mortes em decorrência de arboviroses.

Veja também:   Governo de Pernambuco salva carnaval de Triunfo

E, segundo a pasta, até o momento, 17 óbitos já foram descartados para arboviroses.

O público mais afetado pela doença são homens e mulheres com idades entre 20 e 29 anos.

Chikungunya

O Boletim epidemiológico mais recente da SES também contabilizou 410 casos confirmados e 3.661 casos prováveis de chikungunya em 2024, sem nenhuma morte até o momento. Além disso, há 470 casos prováveis de zika vírus em Pernambuco neste ano, mas nenhuma confirmação até o momento.

Pernambuco amplia faixa etária para vacinação contra a dengue

Apesar do crescimento de casos de dengue no Estado, há uma baixa procura da população pela vacina que previne a doença. Por isso, os 20 municípios pernambucanos autorizados pelo Ministério da Saúde a vacinar contra a dengue podem ampliar a faixa etária de acesso ao imunizante desde o último dia 26 de abril.

Veja também:   Festival de Cinema de Triunfo chega à 14ª edição

Com isso, poderão receber o imunizante crianças e adolescentes com idades entre 10 a 14 anos podem ser imunizadas. Anteriormente, a orientação era vacinar meninos e meninas com 10 e 11 anos.

Localidades beneficiadas: Recife, Paulista, Jaboatão dos Guararapes, Vitória de Santo Antão, Cabo de Santo Agostinho, Igarassu, Camaragibe, Abreu e Lima, Olinda, Chã Grande, Araçoiaba, São Lourenço da Mata, Chã de Alegria, Moreno, Ilha de Itamaracá, Ipojuca, Glória do Goitá, Fernando de Noronha, Pombos e Itapissuma.

Os principais fatos de Serra Talhada e região no Farol de Notícias pelo Instagram (clique aqui)